CBA conclui 11º ano de atividades em prol da melhoria da educação em Niquelândia (GO)

Evento de encerramento do programa Parceria pela Valorização da Educação (PVE) reúne profissionais, pais e alunos da Rede Municipal de Ensino para celebrar ações realizadas em 2019

A Companhia Brasileira de Alumínio (CBA) promoveu no dia 28 de novembro o evento de encerramento das atividades de 2019 do programa Parceria pela Valorização da Educação (PVE), no Cine Teatro, em Niquelândia (GO). O evento contou com atrações artísticas e culturais, e apresentação dos resultados das ações desenvolvidas ao longo do ano.

Uma iniciativa do Instituto Votorantim, o PVE é realizado no município desde 2009 pela CBA. Com mais de uma década de atividades do programa, a empresa estreitou o relacionamento com a comunidade local, estimulando o diálogo aberto na busca de soluções que contribuam para avanços na educação. “O PVE é uma iniciativa que gera mudanças que vão muito além dos ambientes escolares, com ações que engajam professores, pais e alunos, mas também reúnem esforços de pessoas que acreditam na educação como um dos principais meios de transformação social”, afirmou o gerente industrial da Unidade Niquelândia da CBA, Marcos Antônio Augusto.

Em 2019, o PVE foi desenvolvido sob o tema: “Acompanhamento da Aprendizagem”, por meio das frentes de Gestão Educacional – que envolve a qualificação de técnicos da Secretaria Municipal de Educação – e de Gestão Escolar, que abrange gestores escolares. O secretário de Educação, Wesley Campos, explica que após aprimorar o registro e a documentação das ações da rede, a Secretaria avançou no acompanhamento das atividades nas escolas, por meio de assessoria pedagógica em todas as unidades.

“Temos escolas que estão há mais de 280 quilômetros de distância da Secretaria de Educação e não contavam com coordenação pedagógica. Em 2019, mudamos essa realidade nas 11 escolas municipais da zona rural. Esse avanço é resultado do apoio do PVE, que ao longo de todos esses anos nos ajudou a desenvolver competências profissionais e a aprimorar a gestão, contribuindo diretamente na melhoria da qualidade do ensino”, disse Campos.

Mobilização Social – Outra frente de atuação do PVE, a de Mobilização Social, engajou a comunidade a participar das demandas por uma educação de qualidade, juntamente com a frente Jovens Protagonistas, que durante os ciclos do PVE incentivou e apoiou jovens do município a desenvolver projetos com foco na transformação social, tanto no ambiente escolar quanto na comunidade.

A técnica da Secretaria Municipal de Educação, Wedna Menezes, que coordenou as ações de Mobilização Social, destaca entre as iniciativas de 2019 o projeto “Patrimônio Histórico no Município de Niquelândia”, da professora Cássia Monalisa dos Santos Silva, da Universidade Estadual de Goiás (UEG – Campus Niquelândia). O projeto envolveu participantes de outro programa da CBA, o Foco In Cena, para uma encenação teatral, realizada no mês de junho, sobre fatos marcantes da história do município. Também foi destaque deste projeto a aprovação do artigo “Análise Preliminar da Abordagem Cultural em Escolas Públicas do Município de Niquelândia-GO, Brasil”, no VI Congresso Nacional de Educação (Conedu), realizado em outubro, em Fortaleza (CE) e que constará no volume 5 do livro Educação no Século XXI, que será publicado em março de 2020.

O “1º Torneio FutPais Educacional”, realizado entre os meses de agosto e setembro, também foi lançado a partir das ações da Mobilização Social do PVE, com a participação de aproximadamente 80 pais de alunos de seis escolas municipais. O evento esportivo foi uma oportunidade de demonstrar que as escolas podem ir além da atuação educacional, inseridas em outras ações para cativar pais e alunos, por meio da diversão e do lazer.

“Outras iniciativas da Mobilização Social do PVE foram o projeto de entretenimento, cultura e lazer na comunidade do Rio Vermelho e o apoio ao projeto “CriArte”, em que expusemos as produções dos alunos em estandes instalados no centro de Niquelândia, além de apresentações artísticas e culturais elaboradas nos ambientes escolares. Estamos muito satisfeitos com os resultados e esperamos que esses projetos se tornem ainda mais sólidos em 2020”, ressaltou Wedna Menezes.

“A participação dos pais e responsáveis na educação dos filhos melhora o aprendizado em sala de aula e na formação de cidadãos. Por isso, é muito importante elaborar ações para envolver a sociedade no desenvolvimento de nossas crianças e jovens”, ressaltou o Técnico em Manutenção II da Unidade Niquelândia da CBA, Diones Cleiton Barboza de Lima, que colaborou na organização das atividades de Mobilização Social do PVE.

Uruaçu – Além de Niquelândia, o PVE é realizado desde 2018 no município de Uruaçu, sob coordenação do Legado Verdes do Cerrado. Em 2019, o programa continuou as ações, em conjunto com a Secretaria Municipal de Educação, na formação continuada de gestores educacionais da Secretaria e gestores escolares, além de atividades de Mobilização Social. “O nosso maior ganho com a chegada do PVE é a formação dos nossos profissionais, porque aprimora a atuação deles e os orienta sobre as estratégias que podem desenvolver. As melhorias são percebidas em sala de aula, principalmente em relação ao acompanhamento das aprendizagens de forma mais específica, o que sem dúvida é reflexo de uma oferta de ensino mais qualificada”, afirmou a técnica formadora do PVE da Secretaria de Educação de Uruaçu, Joelma Oliveira.

“Encerramos as atividades de 2019 do PVE em Uruaçu com o sentimento de dever cumprido, seja pelas ações desenvolvidas nas escolas, seja pelas ações de engajamento da comunidade. A  Secretaria de Educação já manifestou a intenção de fazer uma nova pactuação para manter o programa em 2020, uma demonstração de que estamos no caminho certo no sentido de contribuir para a melhoria da educação de Uruaçu”, disse a Técnica Administrativa I do Legado Verdes do Cerrado, Letícia Oliveira Felix.

Sobre a CBA

Desde 1955, a Companhia Brasileira de Alumínio (CBA) produz alumínio de alta qualidade de forma integrada e sustentável. Com capacidade instalada para produzir 100% de energia vinda de hidroelétricas próprias, a CBA minera a bauxita, transforma em alumínio primário (lingotes, tarugos, vergalhões e placas) e produtos transformados (chapas, bobinas, folhas e perfis). Em estreita parceria com seus clientes, a CBA desenvolve soluções e serviços para os mercados de embalagens e de transportes, conferindo mais leveza, durabilidade e uma vida melhor

A CBA está bem perto de você. Acesse: www.cba.com.br.

0
0