CBA premia alunos de Niquelândia (GO) no encerramento do PVE

Autores de projetos inscritos no concurso Desafio Criativos da Escola receberam premiação durante solenidade de encerramento das atividades de 2017 do Programa

No povoado de Vila Taveira, em Niquelândia (GO), alunos tiveram a ideia de mobilizar a comunidade para recuperar as nascentes dos dois principais rios da região: Lageado e Riacho Fundo. A iniciativa foi desenvolvida com o apoio da Unidade Niquelândia da CBA, por meio do Desafio Criativos da Escola, concurso que integra as atividades do Programa Parceria Votorantim pela Educação (PVE).

 Os autores do projeto são alunos do 8º ano da Escola Municipal José de Alencar. No dia 29 de novembro, eles conquistaram o destaque municipal no concurso. O anúncio foi feito durante a solenidade de encerramento das atividades de 2017 do PVE. A conquista do troféu é um incentivo para os alunos continuarem as atividades de educação e preservação ambiental em Vila Taveira, onde o cenário está mudando para melhor a partir da ação desencadeada por meio do Criativos.

 O concurso incentiva crianças e jovens a desenvolverem projetos para transformar a realidade das escolas e do município. As inscrições são abertas a crianças e jovens de 9 a 17 anos, matriculados na rede pública ou particular de ensino, além de grupos de jovens que participam de quaisquer movimentos ou de outras entidades.

 Para os alunos da Escola Municipal José de Alencar a conquista do troféu foi uma surpresa logo no primeiro ano de participação. “Foi muito bom ganhar. Os alunos ficaram muito felizes e empolgados para seguirem com as ações de sensibilização na comunidade. Só temos que agradecer a CBA, que nos acolheu e deu o maior apoio para participarmos do concurso”, afirmou a diretora da escola, Maria Helena Ferreira de Bastos Costa.

 Plantio com mudas do Legado Verdes – O projeto “Olho D’água” elaborado pelos alunos do 8º ano da Escola Municipal José de Alencar consistiu em mapear as nascentes dos rios Lageado e Riacho Fundo, que tiveram uma redução de seus níveis devido ao período de estiagem. No desenvolvimento do trabalho, os alunos não só propuseram como foram a campo conscientizar os donos de propriedades localizadas próximas às nascentes. Eles sugeriram cercar as nascentes para posteriormente realizar o reflorestamento.

 Nas cinco propriedades visitadas, a receptividade foi positiva e as áreas das nascentes já estão cercadas. O próximo passo é fazer o plantio de mudas de espécies nativas, doadas pelo Legado Verdes do Cerrado. “Recebemos 400 mudas e faremos o plantio o quanto antes para recuperar as nascentes. A comunidade também abraçou a causa porque esses rios fazem parte da história do povoado. Todos estão felizes em colaborar para melhorar o meio em que vivem”, completou Maria Helena.

 “O PVE é um programa que está consolidado no calendário letivo da educação pública do município. São nove anos de muito trabalho e união junto às escolas e ao poder público para melhorar a qualidade da educação, contribuindo para o desenvolvimento sustentável de Niquelândia e região”, destacou o gerente de fábrica da Unidade Niquelândia da CBA, Marcos Campos Silveira.

 PVE em Niquelândia – Promovido desde 2008 em Niquelândia, o PVE tem como objetivo contribuir para a melhoria da educação pública de Niquelândia. As ações do PVE são divididas em quatro ciclos de atividades, por meio da frente de Apoio à Gestão, que desenvolve conhecimentos e competências no âmbito da Gestão Educacional, para técnicos da Secretaria de Educação. Ao longo do ano, foram abordados nas capacitações os aspectos pedagógicos e de gestão dos indicadores de qualidade em educação inclusiva e a sistematização de aprendizagens para socialização com a comunidade profissional.

 Já na Gestão Escolar, que também faz parte da frente de Apoio à Gestão e é voltada a diretores e coordenadores pedagógicos das escolas municipais, foi abordada a concepção de apoios e desenho universal na aprendizagem, avaliação inclusiva e plano educacional individualizado. O PVE contou ainda com a frente de Mobilização Social, que envolve alunos, familiares e a comunidade em geral. É nessa frente que foram desenvolvidas as atividades com alunos e comunidade para a elaboração de projetos para o Desafio Criativos da Escola. Em Niquelândia, o PVE também possui uma frente de capacitação de professores, iniciativa que atendeu a uma demanda e necessidade local.

 Sobre a CBA

Fundada em 1955, a Companhia Brasileira de Alumínio (CBA) é a mais tradicional e a primeira indústria nacional fabricante de alumínio do País. A Companhia, pertencente ao portfólio de negócios da Votorantim S.A, é também a única da América Latina a atuar com operação totalmente integrada, realizando desde o processamento de bauxita até a produção de alumínio primário (lingotes, tarugos, vergalhões e placas) e de transformados (chapas, bobinas, folhas e perfis). Com sede localizada na cidade de Alumínio (SP), onde ocupa 700 mil m² de área construída, a CBA também possui três plantas de mineração de bauxita, instaladas nos municípios de Miraí, Itamarati de Minas e Poços de Caldas, em Minas Gerais, além de uma empresa de reciclagem de alumínio, na cidade de Araçariguama (SP). A atuação da CBA está voltada, principalmente, para prover soluções e serviços para a indústria brasileira com foco nos setores de embalagens e transportes; bem como para os mercados de bens de consumo, energia e construção civil através de parceiros estratégicos. Com a reestruturação organizacional realizada em julho de 2016, a gestão das operações do Níquel passou a ser responsabilidade da Companhia Brasileira de Alumínio (CBA).

0
0