Alcoa: 38 comunidades ribeirinhas de Juruti são atendidas pelo Barco-Hospital Papa Francisco

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

O enfrentamento da Covid-19 ganhou reforço nas comunidades ribeirinhas do município de Juruti, no Oeste do Pará. 38 comunidades recebem o Barco-Hospital Papa Francisco, administrado pela Associação e Fraternidade São Francisco de Assis na Providência de Deus, com atendimentos em saúde geral e com foco na identificação de sintomas iniciais do novo Coronavírus. A iniciativa é fruto de parceria entre Alcoa e poder público com o objetivo de levar assistência às comunidades rurais com dificuldades de acesso aos hospitais na cidade de Juruti.

Atendimento dentro do Barco-Hospital.

 

Os atendimentos iniciaram na quarta-feira (10). O barco-hospital disponibiliza serviços médico ambulatorial e clínico, além de exames laboratoriais, de imagem (mamografia e Raio-X), ultrassonografia, eletrocardiograma, atendimentos odontológicos entre outros.

“Pensando nas pessoas das comunidades que ficaram desassistidas em relação a outras patologias também, pela distância em relação às unidades de saúde, estamos com o Barco-Hospital para prestar assistência específica em Juruti”, explicou Frei Mariano Freitas, da Associação Franciscana e diretor do Hospital 9 de Abril. Ele destacou, ainda, que os casos complexos ou pacientes testados positivos para a Covid-19 serão referenciados à rede hospitalar.

Para evitar aglomerações e o risco de contágio pelo novo Coronavírus, houve a adoção de um rígido protocolo de segurança nos atendimentos do Barco-Hospital.

O município de Juruti vem contando com o apoio da Alcoa desde o início das ações de enfrentamento à pandemia em Juruti, em março, com a doação de itens médicos aos Hospitais Municipal e 9 de Abril. Esta iniciativa de atendimento em saúde às comunidades ribeirinhas foi viabilizada pela doação do valor de R$ 400 mil pela Alcoa à Associação Franciscana, no final de março, sendo que esta verba foi direcionada à aquisição de combustível – insumo fundamental para a mobilização do Barco-Hospital.

O Barco-Hospital vem percorrendo as regiões dos polos Uxituba, Maravilha e Galileia, na região de Juruti Velho, e os polos Guaranatuba, Mocambo e Sabina, na região do Rio Mamuru.

Barco-Hospital na região do Mamuru.

Sobre o Barco-Hospital Papa Francisco
Idealizado pela Associação e Fraternidade São Francisco de Assis na Providência de Deus, o Barco-Hospital Papa foi inaugurado em agosto de 2019 e atende mais de 1000 comunidades ribeirinhas na região Amazônica.
Ele tem 32 metros de comprimento, possui ambulanchas de apoio, e é tripulado por até 23 profissionais de saúde. A embarcação possui Raio-x, mamógrafo, ecocardiograma, teste ergométrico, sala cirúrgica, laboratório de análises, farmácia, sala de vacinação, consultórios médicos, consultório oftalmológico e odontológico e leitos de internação.

#MineraçãodoBrasil  #MineraçãoContraoCovid19

0
0