AngloGold Ashanti: tecnologia garante excelência no tratamento de efluentes

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Alinhada ao respeito ao meio ambiente, a AngloGold Ashanti Brasil, indústria mais longeva do País, segue investindo em ações e iniciativas ambientais. Na primeira quinzena de julho, foi finalizada a construção da Planta de Tratamento de Efluentes da Mina de Lamego, localizada em Sabará, MG, que trata todos os efluentes que saem da mina e, posteriormente, são devolvidos à natureza em plena conformidade com os parâmetros ambientais.

Com capacidade para tratar 150 mil litros de efluentes por hora, o projeto foi desenvolvido por uma empresa norte-americana que é referência mundial em tratamento de efluentes. A tecnologia utilizada é a de osmose reversa, que consiste em retirar os íons da água. “Esse processo garante a remoção dos contaminantes mais difíceis, que os processos convencionais não conseguem remover”, explica Jacqueline Nogueira, gerente de Meio Ambiente da unidade.

Com a iniciativa, que contou com um investimento de R$ 10 milhões, a produtora de ouro passa a contribuir ainda mais para a qualidade ambiental do Córrego Papa-Farinha.

“Utilizamos uma tecnologia de ponta, que vai garantir alto padrão de qualidade e refletir positivamente em um curso d’água da região. Este investimento reforça nosso compromisso com a sustentabilidade e a proteção do meio ambiente”, comenta Paulo Andrade, gerente sênior de Mineração da Mina Lamego.

0
0