CMOC doa 20 mil kits de testes para identificação do coronavírus

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Ciente de sua responsabilidade social e engajada na luta contra o coronavírus/Covid-19, a CMOC decidiu contribuir com 20.000 kits de testes de identificação do coronavírus para o atendimento à população da comunidade do entorno de suas operações no Estado de Goiás.

O primeiro lote dos kits, fundamentais para a detecção de casos positivos durante essa pandemia que assola o mundo, foi entregue nesta segunda-feira (13), na Prefeitura Municipal de Catalão.

Além do prefeito Adib Elias e do secretário de Saúde, Velomar Rios, compareceu à entrega, o gerente de Relações Governamentais da CMOC, Henrique Anadan, que destacou a importância da parceria entre a Empresa e os órgãos públicos. “É um momento de união, de nos esforçamos para vencer mais este desafio. Tenho certeza que todos nós, moradores da região, estamos cientes das nossas responsabilidades, cada um fazendo a sua parte e ajudando uns aos outros quando possível.”.

Os kits já estão disponíveis na rede pública de saúde de Catalão. Os testes são realizados por meio de coleta sanguínea, que apontam o resultado em 10 minutos, promovendo agilidade na detecção dos casos positivos, o que é essencial para garantir o atendimento adequado aos pacientes e reduzir a propagação do vírus.

A CMOC tem cerca de quatro mil postos de serviço (próprios e terceiros) e é uma das maiores geradoras de empregos da região. A Empresa vem tomando medidas que garantam a segurança da sua força de trabalho, como a implementação de trabalho remoto (home office) temporário para os profissionais cuja presença física não seja essencial nas operações, e a efetivação de um plano de contingência, que reduziu significativamente a quantidade de pessoas trabalhando nas plantas.

“Nossa prioridade é a saúde e a segurança dos empregados, dos familiares e da comunidade onde atuamos. Quando vimos a possibilidade de adquirir os kits de teste, imediatamente formalizamos uma parceria com o Prefeito Adib Elias que, não mediu esforços para cooperar com esta iniciativa. Demonstrou estar muito empenhado em ajudar no combate à epidemia na região. Estamos também fazendo a nossa parte. Em nossas plantas já reduzimos o contingente em cerca de 2000 pessoas (50%), nos adaptando para seguir operando e honrando os compromissos com os empregos e a arrecadação de tributos pela cidade. Implementamos todas as medidas preventivas de acordo com o Ministério da Saúde e a Organização Mundial da Saúde. Agradeço aos empregados que permanecem trabalhando, firmes, para mantermos nossa operação, sempre com segurança em todos os nossos processos. ”, afirma o Diretor de Assuntos Corporativos da CMOC, Eduardo Lima.

A CMOC vem ampliando os seus procedimentos de prevenção desde a confirmação dos primeiros casos de coronavírus pelo mundo, quando proibiu viagens internacionais de seus empregados, em janeiro, até a elaboração de uma série de medidas para reduzir a exposição ao vírus, como:

– Intensificação das atividades de limpeza e desinfecção diária das áreas comuns, como portarias e refeitórios;

– Medição da temperatura corporal de todos os empregados e terceiros antes do acesso às unidades;

– Disponibilização de álcool gel e lenços antissépticos nas dependências de uso comum em todas as unidades;

– Restrição de acesso aos visitantes;

– Proibição de viagens nacionais e internacionais;

– Distância mínima nos refeitórios;

– Comunicação constante para lavarem as mãos, higienizarem os EPIs e evitarem exposição desnecessária em sua rotina fora do trabalho.

 

Orientações por telefone

Para conscientizar, informar e atender às pessoas, a CMOC criou um canal telefônico de uso exclusivo para empregados, familiares e contratados. O serviço disponibiliza contato com profissionais da saúde, 24 horas por dia, para atendimento às dúvidas sobre o coronavírus, permitindo reportes no caso de contato com algum doente, sintomas e/ou detecção da doença.

0
0