CONIM retoma ritmo de reuniões em 2020

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

O IBRAM-CONIM – Comitê para a Normalização Internacional em Mineração do IBRAM iniciou os trabalhos do ano com as reuniões das Comissões de Estudo da ABNT para discutir amostragem, análise química e ensaios físicos de minério de ferro (ABNT/CB-041), bem como de amostragem e análise química de minérios, concentrados e produtos primários e cobre e níquel (ABNT/CEE-081).

As reuniões acontecem em Belo Horizonte (MG), de acordo com um cronograma, e prevê participação virtual. Os encontros noticiados aqui aconteceram entre 5 e 13 de março, antes das orientações de distanciamento social em razão da pandemia do novo coronavírus. A partir de então, todas as reuniões, quando presenciais, obedecem às orientações das autoridades, de modo a preservar a saúde das pessoas.

Reunião da Comissão de Estudos de Ensaios Físicos de minério de ferro, em 5 de março.

 

Reunião da Comissão de Estudo de Análise Química de minério de ferro em 6 de março.

 

Este complexo trabalho envolve mais de 150 especialistas de alta qualificação, indicados pelas suas respectivas empresas participantes, e também consultores de renomada experiência em mineração.

Reunião da Comissão de Estudo Especial de cobre e níquel, em 9 de março

Com um montante aproximado de 160 normas técnicas da ISO, quase 50 normas nacionais, 25 reuniões anuais estruturadas dos grupos de estudo e trabalho técnico, o CONIM fomenta continuamente o desenvolvimento pessoal e profissional dos envolvidos por meio do desenvolvimento técnico e participação em programas de proficiência, pelo convívio entre clientes, concorrentes e órgãos de pesquisa em nível nacional e internacional, por meio da comunicação verbal e escrita em vernáculo e inglês, pelo contato com as tecnologias de ponta dos setores envolvidos entre outros.

Reunião da Comissão de Estudo de Amostragem de minério de ferro, em 13 de março.

Neste ano o CONIM, por meio das reuniões das Comissões de Estudo, já permitiu a publicação de 4 normas ABNT NBR ISO. São elas:

– ABNT NBR ISO 4701 – Minérios de ferro e pré-reduzidos — Determinação da distribuição granulométrica por peneiramento.

– ABNT NBR ISO 8371 – Minérios de ferro como insumo para alto-forno — Determinação do índice de crepitação.

– ABNT NBR ISO 7992 – Minérios de ferro como insumo para alto-forno — Determinação da redução sob pressão.

– ABNT NBR ISO 11794 – Concentrados de cobre, chumbo, zinco e níquel — Amostragem de polpas.

Para este ano estão previstas duas reuniões internacionais da ISO, sendo a do ISO/TC 102 (Iron ore and direct reduced iron) na Austrália, e a do ISO/TC 183 (Copper, lead, zinc and nickel ores and concentrates) no Brasil.

O CONIM reitera a importância da participação dos representantes das mineradoras nesses encontros e está à disposição para prestar esclarecimentos adicionais. Basta enviar um e-mail para rejane.carvalho@ibram.org.br.

1
1