MRN comemora um ano sem acidentes com afastamento

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

No distrito de Porto Trombetas, no município de Oriximiná, no Oeste do Pará, a Mineração Rio do Nortes (MRN) celebra dupla conquista com seus empregados. A empresa completou um ano sem acidente com afastamento, totalizando 10.406.755 horas/homens trabalhadas e também cinco meses sem acidente reportável, totalizando 4.439.907 horas/homens trabalhadas.

Maior produtora de bauxita do Brasil, com atuação de mais de 40 anos no Pará, a MRN tem a segurança dos seus empregados do efetivo próprio e também das empresas contratadas como um valor. “O engajamento e a demonstração de uma preocupação visível com a segurança reforça este compromisso focado na excelência e o desejo que todos os empregados apresentem uma cultura sólida em segurança, mantendo comportamentos alinhados com essas normas mesmo fora do ambiente de trabalho. Neste sentido, os empregados dispõem de plenos poderes para intervir nos processos e atividades, estimulando os colegas a não se expor ao risco, reafirmando diariamente o compromisso com nosso lema Se não for seguro, torne seguro”, destaca Antônio Moura, gerente de Segurança no Trabalho da MRN.

Além do empenho e esforço conjunto dos empregados, a conquista do feito conta com o reforço com programas e inúmeras ferramentas desenvolvidas pela empresa para tornar processos e procedimentos mais seguros em suas operações, como: Diálogo Diário de Segurança – DDS, Análise de Risco das Tarefas – ART, Padrões Técnicos de Segurança – PTS, Procedimentos Operacionais de Execução – POE, Inspeção dos Equipamentos e Ferramentas, Cartão PARE, Observação Comportamental e outros que estão atrelados à Prática do Cuidado Ativo.

Sabendo que a segurança vai além de máquinas e engenharias sofisticadas e envolve, sobretudo, o ser humano, sua percepção de riscos no dia a dia e atitudes preventivas, a MRN reformulou sua ferramenta de interação, trazendo inovação na Interação Comportamental. Após diagnóstico realizado por uma consultoria no ano passado, a MRN concentrou o trabalho nas lideranças da Companhia e de empresas contratadas com treinamentos teórico e prático na ferramenta. Na parte teórica, as pessoas são levadas a entender que as atividades que desenvolvem, por mais simples que sejam, podem oferecer risco a elas e a outros. Já na parte prática, elas são treinadas a interagir de forma amistosa com os colegas, levando-os a refletir sobre o risco do ambiente e a desenvolver a atividade de forma mais segura.

#MineraçãodoBrasil

0
0