Nexa cria parcerias para o fortalecimento de políticas públicas às mulheres

Iniciativa busca contribuir com o empoderamento feminino no município de Aripuanã

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

A Nexa e a Rede de Proteção Social e do Sistema de Garantia de Direitos de Aripuanã firmaram, no início do mês, compromisso de fortalecer a atuação da rede de proteção e políticas públicas voltadas aos direitos das mulheres. Trata-se do projeto “Aripuanã por Elas”. A iniciativa recebe o suporte técnico do Instituto Votorantim e a Ecos-Comunicação em Sexualidade. A pactuação foi elaborada para dar apoio à implementação de ações de promoção da igualdade de gênero, enfrentamento à violência, entre outras violações dos direitos das mulheres.

A parceria se fundamenta em medidas que preveem a eliminação de todas as formas de discriminação e violência contra as mulheres. O projeto voluntário da Nexa pretende consolidar e ampliar os direitos das mulheres aripuanenses por meio de políticas públicas com a perspectiva de gênero. Para isso, estão previstas campanhas educativas e oficinas informativas, com ênfase no fortalecimento da participação social e apoio à consolidação da política de enfrentamento à violência.

O planejamento reúne um conjunto de diretrizes, metas e ações que irão compor o plano de ação para 2021. Neste primeiro momento, a consultoria contratada, neste caso, a Ecos-Comunicação em Sexualidade, realizará o diagnóstico situacional para definição das estratégias. Nesta fase, serão avaliados os seguintes cenários: igualdade de gênero; mercado de trabalho; violação dos direitos, entre outras abordagens. Devido a pandemia de coronavírus as entrevistas com o corpo técnico da Rede de Proteção Social e do Sistema de Garantia de Direitos do município será de modo remoto.

Silvia Regina Ferreira, gerente de Desenvolvimento Humano e Organizacional do Projeto Aripuanã, considera que a mulher exerce importante papel na sociedade. “Essa iniciativa tem como objetivo fortalecer o empoderamento das mulheres por meio de políticas públicas. As mulheres exercem cada vez mais um papel de protagonista, embora ainda sofra com as heranças históricas do sistema social. Com o tempo, elas vêm conseguindo aumentar o seu espaço nas estruturas sociais, assumindo postos de trabalho, cargos importantes e múltiplas estruturas hierárquicas”.

Nexa cria parcerias para o fortalecimento de políticas públicas às mulheres
Nexa cria parcerias para o fortalecimento de políticas públicas às mulheres – crédito: divulgação

Na percepção da diretora executiva da Ecos-Comunicação em Sexualidade, a psicóloga Juny Kraiczyk, a iniciativa irá promover os principais obstáculos para erradicar os casos de violação dos direitos contra as mulheres, como a resistência do efetivo engajamento dos homens como uma peça-chave no combate a essa triste realidade. “O primeiro passo é reconhecer que determinadas atitudes precisam ser mudadas. As pessoas conseguem perceber o papel da justiça, porém, com a rede de proteção estruturada cria-se uma esperança na comunidade em relação aos danos provocados às mulheres. É preciso olhar para os abusos sexuais e violência acometidos sobretudo em tempos de isolamento provocado pela pandemia”.

Integram a Rede de Proteção Social e do Sistema de Garantia de Direitos do município os representantes do Conselho Municipal de Mulheres, Conselho Estadual de Direitos da Mulheres, além de gestores da Secretaria de Assistência Social, Educação e Saúde, Conselho Tutelar, Centro de Referência de Assistência Social (Cras), Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), Polícia Militar, Polícia Civil e Promotoria de Justiça.

0
0