Restauração Florestal de Áreas Mineradas será tema de minicurso na EXPOSIBRAM 2020

O minicurso online será ministrado pelo professor da USP Ricardo Ribeiro Rodrigues

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

A programação da Expo & Congresso Brasileiro de Mineração 2020 (EXPOSIBRAM 2020) contará com o minicurso “Restauração de Áreas Mineradas”, programado para o dia 25 de novembro de 2020, das 9h às 12h, na Sala Virtual A. Será ministrado pelo professor da Universidade Federal de São Paulo Ricardo Ribeiro Rodrigues.

Nesta edição da EXPOSIBRAM serão organizados 7 minicursos com temáticas diferentes: Desenvolvimento de Fornecedores Locais; Comunicação Não Violenta e Diálogos Sociais; Instrumentos de Desenvolvimento Econômico Municipal; Direito Minerário; Gestão de Segurança de Barragens de Mineração; Restauração Florestal de Áreas Mineradas; e Licença Social para Operar. Os profissionais e estudantes interessados em ampliar seus conhecimentos em mineração devem se inscrever no evento (clique aqui) e ir à aba Aquisição de Cursos. O valor por pessoa é de R$150,00 por minicurso.

Capacitação em elaboração, implantação e monitoramento de programa de Restauração Florestal

A restauração florestal em áreas degradadas pela mineração é de extrema importância para o resgate da biodiversidade, função ecológica e sustentabilidade de determinada área ao longo do tempo. Essa medida promove o avanço dos processos ecológicos, da estrutura e da dinâmica de recomposição, para que o novo ecossistema se aproxime em termos ecológicos do ambiente de referência.

A avaliação e o monitoramento de áreas em processo de restauração são relevantes para verificar seu desenvolvimento e eficiência dos modelos e espécies empregadas e para subsidiar futuros estudos de restauração ecológica. Capacitar técnicos ambientais de empresas mineradoras para elaborar, implantar e monitorar um Programa de Restauração Florestal de Áreas Degradadas pela mineração é o objetivo do minicurso, que tem como foco principal as áreas degradadas aluviais e de disposição de rejeito.

Para o professor Ricardo Ribeiro Rodrigues, “a restauração florestal de qualidade permite a regularização legal da mineração, reduzindo processos judiciais. Demonstra à sociedade o grande benefício produzido com a produção de minérios (empregos, produtos, impostos, etc)” e evita interpretação equivocada sobre a ação executada nas áreas mineradas.

Ricardo Ribeiro Rodrigues, professor da Universidade Federal de São Paulo – crédito: divulgação

Rodrigues ainda ressalta que “o principal desafio das mineradoras é promover restauração de qualidade, perpetuada no tempo, com melhor relação de custo/efetividade. Para isso, é preciso sustentar suas ações de restauração na ciência disponível, que no Brasil está muito avançada, de forma integrada com o conhecimento empírico e com a experiência tradicional local”.

O aluno do minicurso terá uma base conceitual e prática para realizar um diagnóstico ambiental das áreas degradadas, definição das metodologias e ações de restauração mais apropriadas de cada situação de degradação. Além disso, serão abordadas as espécies de cada grupo funcional e de grupos de plantio mais adequadas para a restauração de cada situação de degradação. E, para finalizar, serão apresentadas as etapas de acompanhamento das ações de restauração e monitoramento de áreas em restauração, que permitam a conclusão do projeto de restauração junto aos órgãos ambientais.

O professor afirma que o aluno terá a oportunidade de acompanhar a apresentação de metodologias de restauração florestal, não só as mais atuais em termos de sustentação científica em práticas operacionais fortemente testadas em campo, como de melhor custo-efetividade. “Essas metodologias serão trabalhadas de forma integrada na paisagem, na perspectiva de reduzir a degradação, até práticas que aproveitam os resíduos da mineração, na restauração florestal de áreas”, reforça.

EXPOSIBRAM 2020 será 100% online – inscrições gratuitas

Esta edição história e inovadora da Expo & Congresso Brasileiro de Mineração 2020 (EXPOSIBRAM 2020) será 100% online. Por meio de muita tecnologia, o IBRAM criou um sistema autoexplicativo, totalmente interativo, em que o participante navegará pela exposição virtual, o congresso e as rodadas de negócios, entre outras atrações.

O maior e mais importante evento da mineração da América Latina terá acesso gratuito ao Congresso Brasileiro de Mineração e à feira internacional. Além disso, o inscrito também terá acesso a uma programação especial, com manifestações culturais do Pará – um dos principais estados mineradores do Brasil – e atrações para crianças e jovens. Para mais informações sobre a programação, acesse aqui.

Patrocinadores

Diversas empresas já associaram sua marca como patrocinadoras: Vale (Diamante), Mosaic Fertilizantes (Platina), Anglo American (Ouro), Kinross Paracatu (Ouro), CMOC Brasil (Prata), Horizonte Minerals (Prata), Mineração Usiminas (Prata), Serabi Gold (Bronze), Geobrugg (Bronze) e DassaultSystemes (Bronze).

Apoio Editorial e Institucional

O evento tem o apoio editorial da Revista Eae Máquinas, In The Mine, Brasil Mineral, Revista Amazônia, Nueva Mineria y Energia, Site Notícias de Mineração Brasil, Conexão Mineral, Brasil Mining Site e International Mining.

Figuram como apoiadores institucionais da EXPOSIBRAM até o momento: Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), Instituto Aço Brasil, Serviço Geológico do Brasil (CPRM), Sindicato da Indústria Mineral de Minas Gerais (Sindiextra), Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB), Sindicato das Indústrias Minerais do Estado do Pará (Simineral), Associação Comercial de Minas Gerais (ACMinas), Associação Brasileira de Indústria de Água Mineral (ABINAM), Sindicato Nacional da Indústria de Águas Minerais (SINDINAM), Federação das Indústrias do Estado do Pará  (FIEPA), Associação Brasileira dos Produtores de Pesquisa Mineral (ABPM), Ministério de Minas e Energia (MME/SGM), Mining Hub, Universidade Federal do Pará (UFPA), Federação das Indústrias do Estado de Goiás (FIEG), Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), Associação Brasileira de Grandes Consumidores Industriais de Energia e do Consumidores livres (Abrace), Sindicato das Indústrias Metalúrgicas e de Material Elétrico do Estado do Espírito Santo (SINDIFER) , Associação Brasileira de Engenheiros de Minas (Abremi), Associação Brasileira de Municípios (ABM),  Associação Nacional das Entidades de Produtores de Agregados para Construção (ANEPAC) e Associação Brasileira da Indústria Ferroviária (Abifer).

Serviço

Expo & Congresso Brasileiro de Mineração – EXPOSIBRAM 2020
Site: http://www.portaldamineracao.com.br/exposibram2020
Data: 24 a 26 de novembro de 2020
Local: evento virtual a partir de Belém (Estado do Pará, Brasil).
Clique aqui e faça sua inscrição para participar do evento
Secretaria Executiva: 55 (31) 3444-4794 / comercialexposibram2020@ibram.org.br

 

Horários:

24/11
8h30 às 19h
20h às 22h (Show Cultural – Canta Pará noYoutube)

25/11

9h às 19h
19h30 às 20h30 (Ciência em Show noYoutube)

26/11

9h às 19h

 

LEIA MAIS

Mineração muda forma de fazer negócios, cria atrativos para fornecedores do Brasil e de outros países e acena com investimentos de US$ 37 bilhões

EXPOSIBRAM 2020 organiza live com cantores regionais do Pará

Mineradoras investem em estratégias para minimizar riscos sociais

Restauração Florestal de Áreas Mineradas será tema de minicurso na EXPOSIBRAM 2020

Grupo de cientistas/professores fará experiências ao vivo com minérios para jovens e crianças de todo o país

Confira quem são os patrocinadores e apoiadores da EXPOSIBRAM 2020

Players do setor mineral convidam para participar da EXPOSIBRAM 2020 100% online

Micros e pequenas empresas mineradoras representam quase 90% do setor mineral do Brasil

Inovação na Gestão de Resíduos de Mineração será tema para debates na EXPOSIBRAM 2020

Gestão de Segurança de Barragens de Mineração será tema de minicurso online na EXPOSIBRAM 2020

IoT e Manufatura 4.0 estão entre as principais tendências sustentáveis da indústria da mineração

#MineraçãodoBrasil

 

0
0