Evento na comunidade encerra período letivo da Casa Imerys em Barcarena

Encerramento Casa Imerys
Encerramento Casa Imerys – crédito: divulgação

Um encerramento bem-sucedido para um ano de muitas conquistas. O Evento de Responsabilidade Social das Casas Imerys, foi realizado no final de novembro e reuniu a comunidade na Praça Matriz de Vila do Conde, em Barcarena. O tema do evento: “Casa Imerys – Construindo um mundo melhor”, apresentou resultados dos projetos sociais da mineradora em 2018, além de fazer a relação das atividades com os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU.

Realmente, há muito o que comemorar. A analista de Relações com a Comunidade da Imerys, Nayara Santos, reforça que o desenvolvimento das crianças do Reforço Escolar, por exemplo, é marcante: “No começo do ano, 44% das crianças atendidas pela Casa Imerys não sabia ler sozinhos. Ao final de 2018, 43% dos pequenos aprenderam a ler e zeramos o número de crianças que não atendiam esse indicador”.

Há seis anos muitas vidas do município de Barcarena se transformam dentro da Casa Imerys, maior projeto social da mineradora que atua com caulim na região. É o caso de Antônio Monteiro da Silva, que chegou ao projeto social em busca de uma vaga no curso de Informática para a sua filha. “Então me perguntaram se eu não tinha interesse em fazer algum curso. Eu achava que não havia mais nada para eu fazer na vida, mas depois que fiz o curso de Ajudante de Obras, parece que renasci. Quero abrir meu próprio espaço e ganhar meu dinheiro”, conta Antônio, que tem 55 anos.

Para Flávia Souza, analista de Relacionamento com a Comunidade os resultados mostram que o monitoramento e acompanhamento da equipe de Relações com a Comunidade da Imerys é eficaz: “Todos os projetos sociais desenvolvidos tanto em Barcarena quanto em Ipixuna do Pará, onde a empresa também atua, possuem ‘indicadores de monitoramento’. O evento foi um momento para comemorar e compartilhar os resultados positivos com as comunidades que participam dos projetos sociais”.

Esse ano, as duas unidades da Casa Imerys de Barcarena atenderam mais de 3.600 pessoas entre cursos, oficinas e palestras. Sete projetos se apresentaram na noite de encerramento com leitura, dança, teatro e muita música.

0
0