Hydro apresenta inovações no Icsoba 2018

Serão trabalhos que apresentam, entre diferentes assuntos, melhorias no processo de refino da bauxita, aperfeiçoamentos na produção do alumínio primário e tecnologias para reduzir acidentes na mineração

 

A Hydro, líder global e única empresa completamente integrada no setor de alumínio com atuação no Brasil, promove conceitos e novas técnicas de pesquisa e inovação por meio de “cases” de sucesso, que serão apresentados na 36th CONFERENCE AND EXHIBITION ICSOBA 2018 (ICSOBA – International Committee for Study of Bauxite, Alumina & Aluminium). O evento, que ocorre entre 29 de outubro e 1º de novembro, em Belém (PA), e os trabalhos da Hydro focalizam em excelência e contínuo aperfeiçoamento da performance operacional e ambiental dos processos de mineração de bauxita, refino de alumina e produção do alumínio primário.

Os participantes do evento – cientistas, experts, engenheiros, estudantes e analistas da indústria – também poderão visitar as operações da companhia no Pará entre 1º e 2 de novembro e conhecer de perto a verticalização da cadeia produtiva do alumínio no Pará.

O diretor de tecnologia da Hydro no Brasil, Raphael Costa, é um dos principais palestrantes desta edição, propondo critérios para o projeto conceitual e as soluções de engenharia para novas refinarias de alumina ou expansão de refinarias já existentes. Raphael também discute uma metodologia para a condução destes projetos.

ICSOBA é uma associação reconhecida internacionalmente, sem fins lucrativos, que reúne profissionais do setor das principais empresas produtoras de bauxita, alumina e alumínio, fornecedores de tecnologia, pesquisadores e consultores de todo o mundo. A associação promove o intercâmbio de ideias e resultados do trabalho de diferentes áreas de pesquisa relacionadas à exploração e mineração de bauxita e à produção de alumina e alumínio. Desde 1963, 35 eventos do ICSOBA – simpósios, congressos e seminários – foram organizados em diferentes partes do mundo e os trabalhos foram publicados como volumes impressos até 2010, e como arquivos eletrônicos a partir de então.

INOVAÇÃO E TECNOLOGIA

Confira abaixo os principais trabalhos que serão apresentado pela Hydro no evento:

Ø  29 de outubro

Aspects to Consider in Alumina Refining Design – Sala Mário de Andrade

8h30 às 9h

O diretor de tecnologia da Hydro, Raphael Costa, discute critérios e métodos par projetos de novas refinarias ou expansão de refinarias já existentes.

Ø  30 de outubro

Alternative Method of Moisture Determination in Bauxite Residue from Press Filters – Sala Mário de Andrade C

9h às 9h30

Alípio Junior, engenheiro da Alunorte, indica como o método de pesagem infravermelho pode trabalhar em sinergia com a análise termogravimétrica para garantir o desempenho dos filtros prensa.

Optimization of Combustion in Anode Baking Furnaces Due to Heavy Oil Injection Algorithm Development – Sala Mário de Andrade A

12h às 12h30

Claudio Ferreira Junior Cardins, engenheiro de processo da Albras, cita que o desenvolvimento de um algoritmo de injeção de óleo pesado pode garantir a eficiência energética para produção em uma planta eletro-intensiva.

Increased Reliability and Anode Quality by Using Statistical Process Control Tool at Paste Plant – Sala Mário de Andrade A

13h30 às 14h

A engenheira de processo da Albras, Rafaela Áspera, apresenta método de controle estatístico para garantir a estabilidade operacional e o aumento de capacidade na aplicação de anodo verde.

Adaptive Fuzzy Controller to Regulate Anode Covering Material Recipe – Sala Mário de Andrade A

14h às 14h30

O engenheiro elétrico da Albras, Edson Cruz, apresenta projeto em que um controlador adaptável pode manter a estabilidade e a eficiência de quantificação e proporção do ACM (Anode Covering Material, em inglês).

Application of Aluminium Metal Business System (AMBS) Principles and Tools to Increase Productivity of Anode Covering Material Plants – Sala Mário de Andrade A

14h30 às 15h

André Ferraioli, engenheiro da Albras, apresenta os cinco passos para melhorias de operação e manutenção, estudo e implementação de lógica para aumentar a produtividade da planta, ampliar engajamento dos empregados, entre outros fatores.

Reduction of Hydrated Lime Consumption in a Bauxite Beneficiation Plant – Sala Mário de Andrade C

15h às 15h30

A engenheira de processo da Mineração Paragominas, Pâmela Costa, apresenta a solução de cal hidratada que adicionada aos espessadores de concentrado na usina de beneficiamento com objetivo de melhorar a coagulação das partículas no processo de beneficiamento da bauxita.

Environmental Improvements at Albras through Joint Venture Project – Sala Mário de Andrade D

16h às 16h30

O gerente da Planta de Tratamento de Gases da Albras, Fernando Oliveira, mostra como um método simplificado foi desenvolvido para o equilíbrio, distribuição e sucção dos Centros de Tratamento de Gás da planta.

Digital Transformation Applied to Bauxite and Alumina Business System – BABS 4.0 – Sala Mário de Andrade C

16h às 16h30

A analista de qualidade da Mineração Paragominas, Juliana Souza, mostra como ocorreu o processo de automatização de todo o fluxo de dados na empresa, desde à coleta até a entrega de indicadores ao usuário final. Isso foi realizado por meio da inserção de formulários digitais, do uso de um sistema inteligente que redireciona os dados coletados a um banco de dados salvo na nuvem, e do uso do Power BI.

RISCO ZERO Program – Technological Innovation for Safety Culture Development – Sala Mário de Andrade C

16h30 às 17h

O gerente geral de HSE da Mineração Paragominas, Cícero Viana, apresenta a ferramenta ‘’Risco Zero’’, que foi concebida para que profissionais da empresa possam comunicar uma condição insegura, comportamento de risco, evento por quase acidente ou direito de recusa por meio de um formulário online que pode ser acessado via smartphone, QR Code ou blocos de papel..

Ø  31 de outubro

Autoprecipitation Modelling in a Thickener – Sala Mário de Andrade

8h às 8h30

O pesquisador da Hydro, Daniel Rodrigues, apresenta o uso precursor de um decantador no circuito de clarificação do processo Bayer para mitigar perdas por autoprecipitação ou reversão gibsite.

Alumina Quality and Yield Improvements at Alunorte – Sala Mário de Andrade B

14h às 14h30

O gerente da área de processos da Alunorte, Cleto Júnior, apresenta a aplicação de uma nova filosofia de controle de tamanho de partícula, enraizado nos fundamentos da cinética de precipitação, que tem permitido melhoria acentuada na qualidade global da alumina da refinaria.

Absorbed Soda Investigations at Alunorte – Sala Mário de Andrade C

16h às 16h30

A engenheira química da Hydro, Daniela Rosseto, apresenta uma nova metodologia para encontrar determinar a quantidade de soda no resíduo de bauxita.

SOBRE A NORSK HYDRO

A Hydro é uma empresa global de alumínio com produção, vendas e atividades comerciais em toda a cadeia produtiva, da lavra de bauxita, refino de alumina, geração de energia até a produção de alumínio primário, produtos laminados, extrudados e reciclagem.

A empresa conta com 35.000 empregados envolvidos em atividades em mais de 50 países. A companhia tem mais de um século de experiência na produção de energias renováveis, desenvolvimento de tecnologia e parcerias acadêmicas, sempre reforçando seu comprometimento com os clientes e com as comunidades com as quais se relaciona.

No Brasil, a Hydro possui a cadeia do alumínio totalmente verticalizada e seus ativos são totalmente integrados, agregando valor desde a mineração de bauxita até a elaboração de produtos acabados de alumínio. No Pará, a companhia conta com operações que incluem a mina de bauxita da Hydro Paragominas; a maior refinaria de alumina do mundo, a Hydro Alunorte, localizada em Barcarena; participação majoritária na Albras, fábrica de alumínio também localizada em Barcarena; e unidades de extrudados e tubos de precisão instalada em Itu, São Paulo e Santa Catarina. A Hydro ainda conta com participação acionária de 5% na Mineração Rio do Norte, uma das maiores minas de bauxita do mundo, localizada no Pará.

0
0