IBRAM participa de debate sobre os desafios do setor mineral na CPRM

Os principais desafios do setor mineral, com foco na agenda socioambiental, foram debatidos durante a palestra do diretor de Assuntos Ambientais do Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM), Rinaldo Mancin. Ele participou de reunião do Conselho de Administração do Serviço Geológico do Brasil (CPRM), na última quinta-feira (26/7), no Rio de Janeiro (RJ).

Na ocasião, Mancin apresentou um panorama sobre o assunto. “A mineração tem por característica influir na dinâmica socioeconômica e ambiental do espaço territorial. Entendida como catalisador de desenvolvimento, a atividade pode ser considerada responsável quando, da perspectiva da geração atual, minimiza os impactos negativos no meio ambiente, otimiza as potencialidades e garante o bem-estar econômico e social no presente”.

Segundo ele, o IBRAM trata de fomentar a sustentabilidade como prática habitual do setor, entendendo o papel da mineração como transformadora dos padrões de vida da sociedade. “Esta transformação se dá a partir das boas práticas desenvolvidas dentro das próprias empresas, como também de ações que promovem a geração de benefícios, riquezas e a melhoria da vida das comunidades relacionadas, direta e indiretamente, com as atividades da mineração.

Para Rinaldo, esta foi uma importante oportunidade de aproximação entre as duas entidades. “A CPRM tem missões muito relevantes e presta serviços de alta qualidade para a sociedade. Contudo, existem muitas possibilidades de aproximação entre a CPRM e a indústria mineral, com ganhos para toda a sociedade. A questão dos levantamentos geológicos é um tema prioritário, pois menos de 18% do território nacional está mapeado em escala de 1:100.000 e em escala maior, de 1:50.000, perto de 4% estão mapeados. São números muito tímidos face à potencialidade geológica do Brasil. Podemos juntos articular um futuro mais promissor neste assunto”.

A reunião contou com a participação do presidente do Conselho de Administração da CPRM, Otto Bittencourt Netto e do vice-presidente, Esteves Pedro Colnago. Também estiveram presentes os membros do conselho: Cassiano de Souza Alves, representante do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Cássio Roberto da Silva, representante eleito pelos empregados da CPRM, Elmer Prata Salomão,  representante do Ministério de Minas e Energia e Paulo César Abrão, representante do Ministério de Minas e Energia.

 

0
0