IBRAM vai abordar vantagens do uso de resíduos mínero-metalúrgicos para recuperar solos desgastados

 

O Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM) irá apresentar seu posicionamento sobre o uso de resíduos mínero-metalúrgicos para recuperar solos degastados, que são, comprovadamente, úteis para se obter uma maior produtividade agrícola, mas essa prática carece de regulamentação.

Edmilson Costa, coordenador de Geologia e Mineração do IBRAM apresentará o tema “As perspectivas de uso de resíduos mínero-metalúrgicos para remineralizadores”, no próximo dia 18 de junho, a partir das 10h, no auditório do Ministério de Minas e Energia (MME), em Brasília, durante o seminário “Subprodutos da mineração como potenciais remineralizadores de solos e fertilizantes naturais”. O seminário é organizado pelo MME.

O representante do IBRAM vai abordar a questão regulatória, entre outros assuntos relacionados à remineralização do solo. “Os resíduos da atividade industrial mínero-siderúrgica podem ser úteis tanto para recuperar solos desgastados como para originarem produtos com micronutrientes para as plantas. Mas, sem uma regulamentação, têm que ficar estocados em barragens de rejeitos, pilhas de estéreis e depósitos de escórias. Além disso, deve-se destacar que essas medidas regulatórias tendem a trazer segurança jurídica para investimentos na área de fertilizantes, em que o Brasil é extremamente dependente da importação de insumos”, informa Edmilson Costa.

A remineralização do solo é uma das soluções para a recuperação de solos desgastados, contribuindo para o rejuvenescimento e a produção de nutrientes essenciais ao cultivo de plantas.

Além do IBRAM, várias entidades participarão do seminário, entre as quais:

Secretaria de Geologia, Mineração e Transformação Mineral – MME
Serviço Geológico do Brasil – CPRM
Agência Nacional de Mineração – ANM
Embrapa Clima Temperado
Secretaria de Defesa Agropecuária – SDA/MAPA
Secretaria de Empreendedorismo e Inovação – SEMPI/MCTIC
Secretaria de Agricultura Familiar e Cooperativismo – SAF/MAPA
Centro de Tecnologia Mineral – CETEM

IBRAM organizou evento para disseminar alternativas para gestão e uso de rejeitos minerários

Nos dias 5 e 6 de junho, o IBRAM organizou, em Belo Horizonte (MG), um evento destinado a apresentar às mineradoras novas soluções para gestão e aproveitamento dos rejeitos de mineração.

O evento “Fornecedores de Tecnologias para gestão e manejo de rejeitos de mineração” teve o propósito de aproximar fornecedores e mineradoras que investem constantemente na gestão dos subprodutos da atividade. Além disso, foi um momento importante para disseminar conhecimento em torno das novas tecnologias, serviços e produtos desenvolvidos no Brasil e em outros países. Entidades globais de mineração, como o ICMM – Conselho Internacional de Mineração e Metais, também agem para incentivar a apresentação de novas tecnologias e práticas voltadas à gestão e ao manejo dos subprodutos e o IBRAM também integra este esforço internacional.

A iniciativa teve a parceria do CREA-MG e apoio do Ministério de Minas e Energia. Além disso, contou com o apoio de divulgação das Revistas Brasil Mineral, In The Mine, site Notícias de Mineração Brasil, consulado do Reino Unido, embaixada do Canadá e dos Estados Unidos, Business Sweden, Business Finland e Ética Eventos.

0
0