ICMM: Colaboração mais próxima do setor mineral para construir um futuro mais resiliente

O Conselho Internacional de Mineração e Metais (ICMM), Business Fights Poverty (Negócios Contra a Pobreza) e The Partnering Initiative (a Iniciativa de Parceria), em consulta com a Iniciativa de Responsabilidade Corporativa da Harvard Kennedy School, publicou esta semana o ‘Building Forward Better Framework’ (Construindo uma estrutura melhor para o futuro). A estrutura fornece ferramentas e recursos práticos para uso pela indústria de mineração e outros setores para ajudar a orientá-los durante os estágios iniciais da pandemia e estabelecer o caminho para a construção de um futuro mais resiliente após a covid-19.

Ele foi desenvolvido com o objetivo de incentivar o aprendizado e a reflexão sobre o papel coletivo da mineração no apoio às comunidades nas fases imediatas e de longo prazo da covid-19. É também uma ferramenta prática para as empresas de mineração e de outros setores avaliarem suas próprias atividades por meio de exemplos, estudos de caso e recursos.

Três áreas principais de ação são identificadas na estrutura. São os seguintes:

Vidas (saúde e segurança).
Meios de subsistência (empregos e renda).
Aprendizagem (educação e habilidades).

Por meio disso, as empresas podem identificar ações práticas a serem executadas em suas atividades comerciais principais, programas de investimento na comunidade e engajamento de políticas, que apoiam a reconstrução e resiliência da comunidade.

O ‘Building Forward Better Framework’ foi criado de forma colaborativa, usando o Business Fights Poverty e o Business covid-19 Framework existente da Harvard Kennedy School como sua base. Ele incorpora o conhecimento prático do ICMM e as aprendizagens com as respostas COVID-19 de seus membros para adaptar especificamente a estrutura ao setor de mineração.

A publicação desta estrutura espera promover e encorajar uma colaboração e envolvimento mais estreitos além do setor de mineração para ajudar a impulsionar uma mudança real. Para incentivar isso, a estrutura estará disponível gratuitamente para todos usarem nos sites do ICMM, Business Fights Poverty e The Partnering Initiative.

O Dr. Nicky Black, Diretor do Programa de Desenvolvimento Econômico e Social do ICMM, disse: “A resposta da indústria de mineração à crise reflete o relacionamento único que os membros do ICMM têm com suas comunidades, devido aos locais frequentemente remotos em que estão situados e aos relacionamentos que foram construídos entre empresas e membros da comunidade ao longo de anos de trabalho conjunto. O que ficou claro com essa resposta é que somos mais fortes juntos. A colaboração entre diferentes setores, governo, comunidade e stakeholders locais será vital se quisermos avançar em direção a um futuro mais brilhante.”

Foto: Kinross. Mineradoras que atuam no Brasil têm apoiado sistematicamente as comunidades a enfrentar a pandemia.

“O ICMM está muito satisfeito por ter colaborado com a Business Fights Poverty, The Partnering Initiative e a Harvard Kennedy School Responsibility Initiative para desenvolver e adaptar sua excelente estrutura de resposta a covid-19 para o setor de mineração. O resultado é, acredito, uma ação prática e uma ferramenta de aprendizagem para as empresas de mineração usarem ao lidar com cada fase da pandemia. Minha esperança é que também forneça inspiração e incentivo para uma colaboração e envolvimento mais próximos entre os setores, tanto para informar a recuperação de curto prazo e os esforços de resposta, quanto para a resiliência econômica e da comunidade a longo prazo.

Zahid Torres-Rahman, cofundador e CEO da Business Fights Poverty, comentou: “A covid-19 teve, e continua a ter, impactos devastadores nas vidas, meios de subsistência e aprendizagem de milhões de pessoas, particularmente as mais vulneráveis. Embora os esforços tenham corretamente  se concentrado em mitigar os impactos imediatos, precisamos começar a pensar sobre os esforços para recuperar e reconstruir, porque as ações tomadas agora terão efeitos duradouros no bem-estar e na resiliência das pessoas”.

“Esta nova estrutura desenvolvida com o ICMM e a Iniciativa de Parceria baseia-se nas percepções coletivas de nossas organizações para fornecer orientação prática e inspiração para aqueles dentro do setor de mineração e aqueles em outros setores – como agricultura, tecnologia, saúde e educação – procurando parceria com empresas de mineração para construir coletivamente um futuro justo e resiliente.”

Dave Prescott, Diretor de Criação da The Partnering Initiative, acrescentou: “A colaboração eficaz tem tudo a ver com a combinação criativa de recursos de diversas organizações em direção a um objetivo comum, sustentado pela confiança. A covid-19 demonstrou que, onde a indústria de mineração construiu com sucesso a confiança de terceiros, possui uma formidável gama de recursos à sua disposição para contribuir para o bem público mais amplo. Poucas outras indústrias têm capacidade, por exemplo, de doar hospitais de campanha inteiros.”

“Essas ações enfatizam o potencial da indústria de contribuir para o fortalecimento de longo prazo dos sistemas de saúde, sociais e econômicos. Perceber totalmente esse potencial exige coragem, humildade e pensar de forma diferente sobre a mineração; o ‘Building Forward Better Framework’ visa refletir onde esta forma de trabalhar já está acontecendo.”

Jane Nelson, diretora da Iniciativa de Responsabilidade Corporativa da Harvard Kennedy School, disse: “ Enquanto continuamos a lutar contra os impactos humanitários, econômicos e de saúde da pandemia covid-19, as empresas de mineração estão demonstrando sua capacidade de fazer parceria com outras para ajudar a proteger a vida das pessoas e sua saúde e segurança, apoiar os meios de subsistência e a resiliência econômica das pessoas e fornecer oportunidades para o aprendizado contínuo, treinamento e desenvolvimento de habilidades”. “O compromisso dos funcionários e as parcerias de longa data com sindicatos, comunidades anfitriãs e governos têm sido essenciais para permitir que a indústria responda de maneira ágil e eficaz. Essas parcerias serão ainda mais importantes à medida que trabalharmos para construir instituições locais, economias e sistemas de saúde e alimentação mais inclusivos e resilientes para o futuro.”

0
0