Indicadores demonstram benefícios gerados pela AngloGold Ashanti para o desenvolvimento regional

Relatório de Desenvolvimento Sustentável 2017 e Balanços de Investimento Social por município ressaltam os avanços da produtora de ouro em ações com as comunidades, meio ambiente, inovação e tecnologia

A AngloGold Ashanti acaba de divulgar o seu Relatório de Desenvolvimento Sustentável 2017, com os dados referentes aos investimentos socioeconômicos da empresa, cuidados com o meio ambiente, governança e compliance, além de apresentar suas iniciativas em busca pela excelência operacional, por meio da inovação e da tecnologia.

 “A divulgação de tais indicadores é parte da política de transparência de nossa empresa. O Relatório de Desenvolvimento Sustentável é uma importante forma de compartilharmos informações sobre nossos negócios e sobre nosso compromisso de proteção ao meio ambiente e de contribuir para o desenvolvimento das comunidades que nos hospedam”, destaca José Margalith, diretor de Sustentabilidade da AngloGold Ashanti.

 Em 2017, a AngloGold Ashanti ampliou sua liderança na produção nacional de ouro, ultrapassando as 557 mil onças do metal, chegando a 17,3 toneladas. Para sustentar tal crescimento, a empresa investe continuamente em inovação e tecnologia. Somente em 2017, a busca contínua por melhorias nos pro­cessos teve orçamento de R$ 16 milhões.

 SEGURANÇA COMO PRIMEIRO VALOR

A empresa aplica recursos constantemente em ações e política de segurança de seus empregados. As iniciativas são sempre revisadas em busca de melhorias e da adoção de novas práticas. Equipamentos com tecnologia de ponta também têm contribuído significativamente para tornar as áreas mais produtivas e seguras. Em 2017, a empresa não registrou nenhuma fatalidade em suas unidades brasileiras e reduziu em torno de 15% a taxa de frequência de acidentes.

 RESPEITO AO MEIO AMBIENTE

A AngloGold Ashanti tem a preservação do meio ambiente como compromisso. Ao todo, são 10,9 mil hectares de áreas protegidas. O uso racional dos recursos naturais é uma realidade na empresa. A recirculação de água, por exemplo, cresceu, atingindo a marca de 68% – média para as três unidades de operação –, evitando a utilização de mais água nova.

 RELACIONAMENTO COM A COMUNIDADE

Mais do que manter um bom relacionamento com as comunidades onde atua, a AngloGold Ashanti entende que sua presença deve contribuir para o desenvolvimento socioeconômico e autossustentável de seus vizinhos, tornando-os melhores em virtude de sua presença.

 O programa Parcerias Sustentáveis é exemplo disso. Um de seus diferenciais é a participação da própria comunidade na seleção dos projetos beneficiados, em um processo aberto e trans­parente. Ela é corresponsável por deliberar e definir quais investimentos são mais eficazes para contribuir com o bem comum da população. A cada ciclo, cerca de R$ 1 milhão é investido em iniciativas realizadas nas cidades mineiras de Barão de Cocais, Caeté, Nova Lima, Raposos, Sabará e Santa Bárbara, e no município goiano de Crixás.

 Além do investimento para execução das atividades do projeto, a empresa oferece um percurso estruturado de capacitação em gestão de negócios sociais para as instituições beneficiadas.

 OUTRAS FRENTES DE NEGÓCIOS

Além do ouro, fazem parte do portfólio de negócios da empresa, no Brasil, a geração de energia e gestão imobiliária. A produção de ácido sulfúrico, outra área de negócio, surgiu da necessidade de destinar, de forma ambientalmente responsável, o produto gerado durante a transformação do enxofre agregado no mi­nério de ouro, no processo de beneficiamento. Juntas, as quatro formas de atuação contribuem para a pere­nidade da AngloGold Ashanti.

 – Energia

O Sistema Rio de Peixe, por exemplo, forneceu 13% da energia consumida nas operações mineiras no ano passado. Vale destacar a contribuição de outros 21% da energia consumida pela AngloGold Ashanti em Minas Gerais, representada pela participação da empresa no Consórcio da Hidrelétrica Igarapava.

 – Ácido sulfúrico

Construída há 36 anos, a Planta de Ácido Sulfúrico conquistou, em janeiro de 2017, uma marca histórica: 4 milhões de tonela­das produzidas. A frente de negócios produziu, somente em 2017, 202 mil toneladas.

 – Imobiliário

Ao todo, 21,6 mil hectares de terra (cerca de 30,2 mil campos de futebol) compõem as propriedades da em­presa nas cidades de Nova Lima, Rio Acima, Raposos, Sabará, Santa Bárbara e Barão de Cocais, todas em Minas, e Crixás (GO). Para dar novas destinações às propriedades que não são usadas nas operações, foi desenvolvido o Pla­no Estratégico de Gestão Imobiliária.

Em Nova Lima, por exemplo, a AngloGold Ashanti possui cerca de 6,7 mil hectares, dos quais 55% são destina­dos para a preservação ambiental e 20% para atuação operacional. Para o restante, além de desenvolvimento imobiliário, a empresa analisa e desenvolve projetos de destinação social.

 O Relatório de Desenvolvimento Sustentável e os balanços de todos os municípios estão disponíveis no site: www.anglogoldashanti.com.br.

 ANGLOGOLD ASHANTI NO BRASIL 2017

:: Produção de 557 mil onças do metal, chegando a 17,3 toneladas. Para efeito de comparação, em 2016 a empresa, já líder de mercado, produziu 538 mil onças

:: R$ 348,7 milhões pagos em impostos federais, R$ 24,7 milhões estaduais e outros R$ 34,7 municipais

:: Operações brasileiras respondem por 15% da produção global de ouro do Grupo AngloGold Ashanti

:: R$ 992 milhões em compras com fornecedores locais (91% das compras das operações brasileiras são feitas no País)

:: Investimento social de R$ 4,9 milhões

:: Investimento de R$ 4 milhões na reabilitação ambiental, com o plantio de 50 mil mudas e preservação de 10,9 mil hectares

BALANÇOS SOCIAIS POR MUNICÍPIO

Além do Relatório de Desenvolvimento Sustentável, a AngloGold Ashanti divulga, todos os anos, encartes com dados referentes à sua atuação em cada um dos sete municípios em que está presente. Os documentos detalham números como os de investimentos sociais, geração de emprego, impostos e compras locais da companhia.

Sobre a AngloGold Ashanti

Uma das maiores produtoras de ouro do mundo no Brasil, a empresa possui minas e plantas metalúrgicas e de beneficiamento distribuídas nos Estados de Minas Gerais e Goiás. Seus negócios englobam 13 operações em nove países, gerando mais de 60 mil empregos. A AngloGold Ashanti tem sede em Johanesburgo, na África do Sul, e suas ações são negociadas nas bolsas de Johanesburgo, Nova York, Austrália e Gana.

Com mais de 4 mil empregados diretos, as operações brasileiras respondem por 15% da produção global de ouro do grupo e estão entre as mais avançadas do mundo no campo da tecnologia de mineração, pela excelência dos equipamentos e processos utilizados e pelodesenvolvimento de soluções de engenharia para a atividade de mineração em subsolo.

0
0