Instituto Votorantim e Nexa entregam equipamentos hospitalares a municípios do MT

Os municípios de Aripuanã e Juína estão recebendo novos equipamentos que irão auxiliar no tratamento dos pacientes de Covid-19. A região noroeste do Estado, onde estão situados os municípios, possui uma população estimada de 200 mil habitantes.  As ações integram uma série de medidas desenvolvidas pelo Instituto Votorantim e a Nexa a fim de contribuir com o enfrentamento do novo coronavírus.

Entre os itens, estão carrinho de parada, cardioversor, bucky para raio-X, 30 cilindros de oxigênio, 04 ventiladores pulmonares fixos, 04 monitores e 08 bombas de infusão.  As iniciativas resultam da união de esforços entre o Instituto Votorantim, a Nexa e os municípios. Os recursos para a aquisição dos equipamentos vieram de um fundo criado pela Votorantim para atender as demandas das comunidades nas ações contra a Covid-19.

Entrega kits de EPIs: Como parte das medidas adotadas pelo Instituto Votorantim e a Nexa para conter o avanço da propagação do coronavírus, mais de 70 mil kits de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) foram entregues ao município de Aripuanã. A lista de insumos inclui materiais como máscaras N95, máscaras descartáveis, luvas, aventais, toucas, termômetros, álcool em gel, além de 1.300 testes rápidos para Covid-19. Os produtos foram adquiridos por meio de um fundo criado para atender as demandas das comunidades nas ações contra a doença.

Doação de cestas básicas: Famílias em vulnerabilidade social, pequenos produtores rurais, indígenas, comunidades ribeirinhas e extrativistas da região de Aripuanã foram contemplados com doações de cestas básicas. A ação do Instituto Votorantim em parceria com a Nexa compõe as medidas de enfrentamento aos impactos socioeconômicos provocados pela pandemia. Recebe apoio da Fundação Nacional do Índio (Funai), Ong Pacto das Águas, APAE entre outras instituições. No total mais de 500 famílias serão atendidas das quais 151 são populações indígenas da região Noroeste. A entrega dos donativos deu início no mês de agosto e será estendida por um prazo de três meses.

Todas as doações realizadas pelo Instituto Votorantim podem ser conferidas no site www.votorantim.com/todoscontraocoronavirus, na página Transparência.

União de esforços: A parceria entre Nexa e Aripuanã se estende também para apoio logístico. A mineradora disponibilizou 4 caminhonetes utilizadas na fiscalização e vigilância sanitária, UTI aérea para realizar o transporte de pacientes positivados e transporte aéreo das amostras dos exames de RT-PCR, que são encaminhados para o Laboratório Central de Saúde Pública de Mato Grosso (Lacen-MT), localizado em Cuiabá.

Outras ações como apoio psicológico aos servidores, execução de campanhas de prevenção e conscientização para colaboradores e comunidade, locação de container e gerador de energia para montagem de um posto de fiscalização na entrada da cidade também fazem parte da parceria.

Por meio do pacto com a Prefeitura, a Nexa também contemplou o município com um aporte voluntário de R$ 500 mil. A partir do Termo de Cooperação houve ainda a disponibilização de R$ 668.571,18 para a saúde pública referente ao Termo de Cooperação Técnico-financeira firmado em 2019 com o poder público.

Outras iniciativas

Testagem em massa: Como parte dos esforços de enfrentamento do novo coronavírus em Aripuanã, a Nexa iniciou a testagem para Covid-19 em todos os colaboradores diretos e terceiros que atuam na implantação do Projeto Aripuanã. Atualmente, mais de 1800 profissionais compõem a mão de obra do Projeto Aripuanã. A estratégia da empresa tem se revelado como uma importante medida de combate à pandemia, especialmente porque é capaz de detectar casos assintomáticos da doença e possibilita maior agilidade no isolamento dos trabalhadores positivados, assim como seus contactantes.

Ação voluntária: Uma campanha solidária, desenvolvida por meio do Programa de Voluntariado “Somos Todos”, da Nexa, arrecadou 2.752 itens, sendo 2.313 produtos de higiene pessoal e 162 kg em itens de limpeza. A ação contou com a participação de profissionais voluntários de terceirizadas e da empresa. Os materiais foram repassados para a Secretaria Municipal de Ação Social (Semuas), com objetivo de beneficiar pessoas atendidas nas casas de apoio e proteção à gestantes e idosos, entre outras famílias em situação de vulnerabilidade socioeconômica atendidos pelo município.

0
0