MDIC institui comitê técnico da indústria de baixo carbono

IBRAM é uma das entidades parceiras que vai compor o comitê

Na última semana  (17.9), foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) a criação do Comitê Técnico da Indústria de Baixo Carbono, de caráter permanente e de cunho técnico e consultivo.

O comitê, que contará com a participação do Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM), tem o objetivo de promover a articulação dos órgãos e entidades, públicas e privadas, para implementar, monitorar e revisar políticas públicas, iniciativas e projetos que estimulem a transição para a indústria de baixo carbono no Brasil.

“Nossa participação no comitê se deve à ações de articulação conduzidas junto à “agenda clima”. Entendemos que o IBRAM deve trabalhar em conjunto com outros atores do setor industrial para juntos buscarem alternativas de economia de baixo carbono para diminuição dos impactos climáticos em nível mundial. Estamos sempre à procura de soluções para um setor cada dia mais sustentável”, analisa o diretor de Assuntos Ambientais do IBRAM, Rinaldo Mancin.

O Comitê será composto pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) que coordenará as entidades parcerias. Além do IBRAM, também compõem o comitê a Confederação Nacional da Indústria (CNI); a Associação Brasileira da Indústria Química; a Associação Brasileira da Indústria de Alumínio; a Indústria Brasileira de Árvores; o Sindicato Nacional da Indústria de Cimento; a Associação Brasileira de Cimento Portland; a Associação Brasileira da Indústria de Vidro; o Instituto Aço Brasil; a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo;a Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro; a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais; a Secretaria Executiva da Rede Brasil do Pacto Global da Organização das Nações Unidas; e o Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável.

Clique aqui e acesse a portaria.

0
0