Memorando aos fabricantes de automóveis: o futuro é elétrico

A comercialização de carros elétricos bateu recorde nos Estados Unidos este ano, com quase 66 mil unidades vendidas apenas em julho e agosto, mais do que o dobro do mesmo período de 2017. Uma razão para o boom é o sucesso do Tesla Model 3, agora o quinto melhor carro de passageiros dos EUA. Globalmente, mais de 4 milhões de veículos elétricos (EVs) estão na estrada com um milhão adicional previsto para março. O forte crescimento nas vendas de carros elétricos parece estar pronto para continuar, com muitos novos modelos capazes de percorrer mais de 320 km com apenas uma carga.

A iniciativa Veloz, que produziu o gráfico acima, é uma nova aliança de líderes públicos e do setor que visa acelerar a adoção de carros elétricos na Califórnia (um dos autores deste blog, Dan Lashof, é membro do conselho da Veloz). A campanha do grupo Electric for All promove o fato de os veículos elétricos atraírem uma ampla base de consumidores que talvez tenham pouco em comum, como neste clipe de um test drive compartilhado por um punk-rocker e um frequentador de sinfonias.

Punk Rocker / Symphony Goer (Teaser) from Electric For All on Vimeo.

Campanhas de mídia como essas podem estimular a demanda do consumidor por veículos elétricos nos Estados Unidos.

Os grandes empregadores devem fornecer a cobrança no local de trabalho e organizar descontos na compra em massa de carros elétricos para reduzir suas emissões indiretas de viagens de funcionários e clientes. As cidades e as autoridades de trânsito devem seguir o exemplo de Los Angeles e aprovar planos e programas concretos para a transição para os ônibus elétricos. Mais concessionárias devem buscar aprovação de comissões para investir na infraestrutura de recarga, reconhecendo os benefícios dos veículos elétricos.

Fabricantes de automóveis precisam investir em carros elétricos

Se as empresas automobilísticas são genuínas em seus compromissos públicos com carros mais limpos, elas também devem se tornar defensoras de honrar os compromissos de emissões que assumiram com a Califórnia e a administração Obama.

Uma reivindicação comum das montadoras é que os padrões atuais de emissões não podem ser atendidos porque os consumidores estão optando por SUVs e camionetes. No entanto, os padrões de veículos já são diferenciados com base no tamanho do veículo, e provavelmente não há segmento de veículos que tenha experimentado um crescimento mais forte ano a ano do que os veículos elétricos. Esse é o indicador mais seguro de que a demanda do consumidor é forte e persistente para veículos limpos e eficientes.

As empresas automobilísticas precisam defender os padrões de emissões existentes porque é o que os consumidores querem. Eles devem trabalhar para destacar e apoiar os incentivos do governo que tornam os veículos elétricos mais acessíveis e investir em esforços de comunicação para inspirar ainda mais pessoas a se unirem à revolução dos veículos elétricos.

O futuro é elétrico. As empresas de automóveis precisam parar de viver no passado.

 * Tradução/ adaptação baseada em: https://www.wri.org/blog/2018/10/memo-carmakers-future-electric?utm_campaign=wridigest&utm_source=wridigest-2018-10-09&utm_medium=email&utm_content=title

0
0