Mineração: Mining Hub e Vale lançam edital de mais de R$ 2 mi para desenvolver soluções inovadoras

O Mining Hub anuncia o edital do M-Spot Ciclo 1.  O primeiro ciclo deste programa será rodado pela mineradora Vale, que investirá mais de R$2,25 milhões na busca de soluções inovadoras para 15 desafios de 7 áreas da companhia: Energia, Ferrovias, Geotecnia, Marketing Técnico, Navegação, Pelotização e  Portos. O M-Spot é um programa customizado para solucionar desafios exclusivos das mineradoras e fornecedores associadas ao Mining Hub, projeto que tem o apoio do Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM).

Devido às restrições de circulação de pessoas, o programa acontecerá via encontros e meetups virtuais. Para a implementação das provas de conceito (POCs( será estudada a melhor forma de dinâmica para aplicação, sendo necessário um estudo caso a caso e um planejamento de implantação adaptado com a mineradora durante a execução, caso necessário.

O programa M-Spot é organizado pela Aceleradora Corporativa Neo Ventures, que possui  mais de 12 anos de experiência com projetos na área de inovação e já está executando com sucesso outros programas de inovação, junto ao Mining Hub, com várias etapas on-line devido a pandemia.

Diferentemente do M-Start, no M-Spot a mineradora ou fornecedor pode lançar desafios específicos e de seu exclusivo interesse, nesse caso, a Vale, que ,de acordo com a necessidade operacional ou estratégica da empresa, está lançando 15 desafios.

As inscrições já estão abertas e vão até o dia 06/08. Para se inscrever,  e conhecer mais sobre o programa e os desafios, basta acessar o link: https://www.mininghub.com.br/programas/mspot/

Cláudia Diniz, diretora executiva do Mining Hub.

Para Claudia Diniz, diretora executiva do Mining Hub, o M-Spot é mais um programa do Mining Hub que vem para reforçar o compromisso do Hub com a inovação aberta e com o seu propósito de transformar a cultura do setor mineral. Por meio do M-Spot, as empresas associadas ao Mining Hub terão a oportunidade de trabalhar desafios internos e, portanto, específicos, junto com startups, as quais irão propor o que há de mais inovador e disruptivo para cada desafio! O M-Spot representa um passo muito importante em direção a levar a inovação aberta para dentro das associadas ao Mining Hub e, com isso, fazer com que o movimento de inovação penetre toda a cadeia mineral.

Conheça os desafios do programa M-Spot Ciclo 1 edição: Vale

Energia:

  • Substituição de bunker oil em navios atracados
  • Medição integrada de consumo específico de combustível e emissão de gases com alta precisão

Ferrovias:

  • Comunicação eficaz das restrições de campo na ferrovia
  • Mitigação de riscos de atropelamento de pessoas em oficinas ferroviárias
  • Visualização da localização, características técnicas e saúde de ativos em campo

Geotecnia:

  • Obtenção de dados geotécnicos em barragens com restrição de acesso de pessoas

Marketing Técnico:

  • Medição do FeO do sínter de minério de ferro com maior agilidade
  • Determinação de condição ótima para empacotamento de partículas minerais

Navegação:

  • Gestão inteligente do fluxo de informações durante a operação da frota de navios
  • Gestão do conhecimento de forma orgânica e integrada

Pelotização:

  • Redução de eficiência na filtragem devido a rasgos e obstruções no tecido
  • Gestão estratégica visual e dinâmica de projetos em planta piloto

Portos:

  • Gestão e controle da proteção anticorrosiva em ativos de manuseio de minério
  • Inspeção da mola de raspadores de transportador de correia
  • Detecção de defeitos nas coberturas de correias transportadoras

 Características do programa

Depois de selecionados as startups passarão por cada uma das fases abaixo:

Bootcamp: Etapa de detalhamento das propostas de cada Startups pré-selecionada na etapa anterior. O resultado deste trabalho será o insumo para seleção de 01 Startup, por desafio, que apresentar a melhor solução para Implantação da Prova de Conceito (POC).  Os candidatos terão acesso direto a Mineradora Vale e equipe gestora do programa para compreender o desafio, construir e validar uma proposta. As startups que participarem do bootcamp terão seu cadastro de fornecedor feito na Vale para oportunidades futuras.

Implantação: Período de 5 meses no qual a Startup irá implantar a POC na Mineradora Vale, de acordo com a proposta de trabalho definida no Bootcamp.

Demoday: Evento que celebra o encerramento do ciclo do programa, no qual as startups apresentam os resultados das POCs.

 

#MineraçãodoBrasil

0
0