Mining Hub prorroga inscrições do primeiro ciclo de aceleração para 25/1

Startups, mineradoras, fornecedores do setor, pesquisadores irão trabalhar juntos e desenvolver soluções para levar inovação e aumentar a competitividade das mineradoras. ‘Hub da Mineração’ é uma aceleradora que já conta com 18 mineradoras, entre as maiores do País.

O Mining Start, primeiro ciclo de aceleração de startups no Mining Hub – Hub da Mineração (www.mininghub.com.br), prorrogou suas inscrições. Empresas que se encaixarem em alguma das temáticas podem concorrer a uma vaga no projeto até o dia 25 de janeiro (sexta-feira). Mais de 80 inscrições já foram confirmadas e 150 estão em avaliação. A inauguração oficial do Hub será no dia 17 de janeiro, em Belo Horizonte (MG), na unidade We Work.

Podem participar startups com projetos voltados a superar desafios da mineração que envolvam os seguintes temas: rejeitos, energia, gestão da água, segurança, e energia renovável. As selecionadas terão o acompanhamento dos executivos responsáveis pelo projeto, durante um ano.

O Mining Hub surgiu com a união de 12 empresas, e foi criado com o propósito de ser um canal direto de inovação aberta, projetos sociais, tendências do setor e relacionamento entre mineradoras e startups. Atualmente, 18 companhias mineradoras participam do projeto. São elas: Anglo American, AngloGold Ashanti, ArcelorMittal, Bahia Mineração, Bemisa, Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM), CMOC International Brasil, Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), Ferrous, Gerdau, Kinross, J. Mendes, Mineração Morro Verde, Nexa Resources, RHI Magnesita, Samarco, Mineração Usiminas e Vale. Além das mineradoras, companhias da cadeia de fornecedores também endossam o Hub da Mineração: Accenture, Haver & Boecker, IHM Stefanini, ISQ, LGA, Petronas, Sebrem, Sotreq.

Clique aqui para se inscrever e acessar mais informações.

0
0