Pará recebe pela segunda vez o projeto “Imerys Cultura e Sustentabilidade”

Com o objetivo de democratizar o acesso à cultura e estimular a consciência ambiental, projeto oferece oficinas, teatro e cinema. Tudo com entrada gratuita

Começou esta semana a segunda etapa do Imerys Cultura e Sustentabilidade, projeto criado com o objetivo de difundir e democratizar o acesso à cultura, entreter e conscientizar pessoas a respeito da importância da preservação do meio ambiente. Os municípios de Barcarena e Ipixuna do Pará receberão espetáculos teatrais, exibição de filmes, palestras e oficinas culturais e de conscientização ambiental até o final deste mês.

Com apresentações gratuitas, a ação conta, além de uma grande arena itinerante, com um Palco Móvel com estrutura para receber 250 pessoas por apresentação. A novidade, nesta etapa, fica por conta das atrações na Sala Brasil, um Cinemóvel que estará à disposição das comunidades. O projeto é coordenado pela Magma Cultura e patrocinado pela Imerys, por meio da Lei de Incentivo à Cultura do Ministério da Cultura.

Em Barcarena, as exibições estão sendo realizadas na Vila do Conde, no Bairro Industrial e no Bairro Canaã. Já em Ipixuna do Pará, os locais escolhidos foram as comunidades de Vila Canaã, Vila Fortaleza, Vila N. Sra. Aparecida, Vila Oliveira, Santa Maria do Bacuri e Vila Santo Antônio. “É muito gratificante visitar todas essas localidades e levar cultura às pessoas. Os artistas estão muito entusiasmados”, diz o produtor Jefferson Bevilacqua, da Magma.

No palco, duas companhias de teatro animam o público. O grupo “Musiclowns” encena o espetáculo “Cidade do Sorriso”, que conta a história de dois palhaços que saem numa aventura em busca da felicidade, e aborda temas como sustentabilidade, preservação do meio ambiente e respeito. Já a Cia. “Mamulengo Fuzuê” encena a peça “ Benedito, Abençoado e Bendizido”, que conta a história de amor de Benedito e Rosinha em sua luta por trabalho e justiça, abordando com humor assuntos como reciclagem, água e fauna.

Além do teatro, os participantes também podem acompanhar sessões gratuitas de cinema. Serão exibidos os filmes “PETS – A Vida Secreta dos Bichos”, “Trolls”, “Divertida Mente”, “Procurando Dory”, “A Era do Gelo 5” e “Zootopia”. Oficinas e palestras sobre consumo consciente, geração e seleção do lixo, aproveitamento de alimentos e redução do desperdício serão oferecidas.

Para a professora Olivete Silva, as programações são fundamentais para a socialização das crianças. “Esse é um evento cultural e social de fundamental importância para educação dos nossos alunos. Seria muito bom que elas viessem com mais frequência para Barcarena porque as escolas precisam de atividades extraclasses que venham somar com o ensino em sala de aula. As crianças estão adorando e nós também”, declarou.

A pequena Alice Castro, de apenas 5 anos, não tem dúvida da importância do Imerys Cultura e Sustentabilidade. “É muito legal porque todo mundo aprende a cuidar do meio ambiente”. A estudante Andréia Caseiro, 14, participou da primeira edição do projeto. “Fiquei muito feliz porque a programação voltou para a Vila do Conde. Uma das coisas que me chamou atenção foram as oficinas sobre como reciclar materiais”.

Para Juliana Carvalho, Coordenadora de Comunicação & Relações com as Comunidades da Imerys, difundir a cultura é levar educação ambiental e conscientização para as comunidades. “Acreditamos que a cultura seja um excelente meio para levar informações sobre o respeito ao meio ambiente a crianças e jovens. A realização desse projeto oferece a oportunidade de participar de atividades divertidas e, ao mesmo tempo, apoiar uma geração a disseminar e a praticar o desenvolvimento sustentável”, afirma Juliana.

A programação completa do Imerys Cultura & Sustentabilidade pode ser conferida no site do evento: www.imerysnopara.com.br/culturaesustentabilidade.

0
0