Produtores rurais da Zona da Mata visitam a CBA

Comunidade vizinha à Unidade de Miraí conheceu a operação e áreas reabilitadas pela empresa

Em outubro, moradores e produtores rurais de comunidades vizinhas à CBA (Companhia Brasileira de Alumínio) participaram de visitas à Unidade de Miraí, na Zona da Mata mineira. Durante a atividade, no dia 19, os moradores conheceram todo o processo da extração da bauxita na região. A visita faz parte do “Chega mais, comunidade”, projeto que tem como objetivo aproximar os moradores de áreas vizinhas à empresa.

Guiada pela equipe do Programa de Educação Ambiental (PEA) da CBA, os visitantes passaram pela mina, área experimental mantida em parceria com a Universidade Federal de Viçosa e pela torre de controle da Usina de Beneficiamento. Ao final do trajeto, os participantes assistiram a uma exposição sobre o alumínio, que explicou o processo de produção por meio de imagens, documentos e amostras. A atividade contou com 34 participantes, entre moradores de Miraí, São Sebastião da Vargem Alegre, Rosário da Limeira e Muriaé.

Para Marcos Albuini, um dos participantes da visita, a experiência de conhecer a CBA foi positiva e agregou novos aprendizados. “A participação da comunidade junto às atividades da empresa demonstra a transparência do processo. Ações como esta mostram a importância da CBA para a região”, disse.

Para manter uma interação constante com a comunidade, a CBA realiza diversas iniciativas junto aos municípios vizinhos. Uma delas é o “Conhecendo a CBA”, criado com o intuito de aproximar ainda mais a empresa das comunidades vizinhas à unidade. Quem tiver interesse em conhecer de perto a operação da empresa pode entrar em contato com a equipe do PEA pelo telefone (32) 3426-5300 ou pelo e-mail educacaoambientalzm@cba.com.br.

Produtores rurais da Zona da Mata vistam a CBA
Produtores rurais da região conhecem mineradora – crédito: CBA

Produtores rurais

No dia 21, foi a vez dos produtores rurais de Rosário da Limeira conhecerem a empresa. Guiados pela equipe da CBA e pelos professores Ivo Ribeiro da Silva e Sebastião Venâncio Martins, da Universidade Federal de Viçosa, os agricultores visitaram áreas experimentais da empresa e áreas rurais vizinhas, que já foram mineradas e devolvidas aos seus proprietários.

“Foi um domingo cheio de experiências e aprendizados, que fez com que nós, proprietários de terra e moradores, soubéssemos realmente o que é a mineração”, disse Natália Gonçalves Ferreira. O produtor rural Rogério Ferreira da Costa também aprovou a visita: “trouxe muitos conhecimentos sobre as áreas que foram usadas para a extração de bauxita e que depois foram recuperadas”. Ao todo, 13 produtores rurais participaram da atividade, que desmistificou boatos da mineração e mostrou o processo de reabilitação adotado pela empresa.

“Com ações como estas, a CBA mantém seu relacionamento com a comunidade, fortalecendo e criando parcerias valiosas e, consequentemente, promovendo o desenvolvimento dos municípios onde atuamos. Realizada com as mais avançadas metodologias a nossa atividade de mineração agrega benefícios e valor para essas comunidades, além de desmitificar pré-conceitos acerca da atividade”, disse Elson Cristiano da Silva, coordenador de Desenvolvimento Humano e Organizacional, Segurança, Saúde e Meio Ambiente, Comunicação e Responsabilidade Social das unidades de Mineração da CBA.

Sobre a CBA

Produzimos alumínio do começo ao fim: extraímos a bauxita, transformamos o metal e oferecemos desde lingotes até produtos transformados como chapas e bobinas.

Tudo isso de um jeito bem sustentável.

Somos autossuficientes na extração da bauxita, produzimos toda a energia que usamos e somos líderes na reciclagem industrial do setor.

Isso tudo para conectar você ao mundo de oportunidades do alumínio.

O alumínio está no transporte que te move, nas janelas de sua casa, na embalagem de alimentos e no seu celular. Parcerias duradouras que transformam matéria-prima em soluções para o dia a dia.

A CBA está bem perto de você. Acesse: www.cba.com.br

0
0