Programa Integrar envolveu mais de 1200 pessoas diretamente em 2018

Inspirado nas premissas do plano Paracatu 2030, iniciativa chega ao oitavo ano com balanço positivo em ações de educação, cultura, meio ambiente e geração de trabalho e renda

Em seu oitavo ano, o Programa Integrar da Kinross trabalha em projetos que visam o desenvolvimento social de Paracatu, no noroeste de Minas Gerais. Dividida em quatro eixos de atuação: Educação, Cultura e Meio Ambiente, realizado dentro das escolas, e Geração de Trabalho e Renda, a iniciativa é inspirada nas premissas do Paracatu 2030, plano diretor do município, construído conjuntamente pelo poder público, sociedade civil e empresariado local. Ao longo de 2018, o Integrar capacitou professores e gestores da rede pública de ensino; promoveu atividades culturais e oficinas de educação ambiental para crianças e jovens; realizou duas edições do Integrar na Praça; dentre outras ações. Ao todo, o Programa investiu cerca de R$ 3 milhões em ações na cidade.

Transformação pela educação

Em 2018, o Eixo Educação redirecionou sua atuação para a capacitação de professores e gestores da rede pública de ensino. Para isso, a iniciativa envolveu os profissionais em um extenso projeto de revisão de práticas pedagógicas alinhadas às novas diretrizes da Base Nacional Comum Curricular, além de apoiar na revisão curricular, construção de materiais didáticos, desenvolvimento de projetos pedagógicos com a comunidade escolar e ações de aproximação com as famílias.

Nas oito escolas atendidas, o programa envolveu 114 professores e 34 gestores públicos, contabilizando 100 horas de formações presenciais e 384 horas de Educação a Distância (EaD). Os professores têm avaliado positivamente o eixo, cujas atividades e capacitações continuarão no próximo ano.

Cultura para todos

O Eixo Cultura contemplou o trabalho com a juventude paracatuense em três espaços públicos diferentes: escolas, praças e comunidades vizinhas à mina. Em 2018, o projeto mobilizou cerca de 250 jovens, de onze escolas da rede pública de ensino de Paracatu, a retratarem sua realidade por meio da arte. A iniciativa ofereceu a alunos e professores oficinas ligadas a diversas linguagens artísticas – música, pintura, teatro, audiovisual. Ao final, os alunos apresentaram os trabalhos desenvolvidos à comunidade.

Em duas edições, o Integrar na Praça movimentou um dos principais espaços públicos da cidade, a Praça do Rosário, levando cultura, diversão e informação para a comunidade. O evento contou com a presença de aproximadamente 10 mil pessoas no ano, que participaram das oficinas e assistiam aos shows e atrações culturais. Enquanto a edição de maio contou com show da cantora Kell Smith, o Integrar na Praça de setembro recebeu a animação da banda Melim.

Protagonismo jovem

Ao longo das duas edições do Integrar na Praça, um grupo formado por 15 jovens oriundos de outros projetos da Kinross realizaram a cobertura das atividades e oficinas. Trata-se da Imprensa Jovem, que conta com adolescentes que se destacaram por suas habilidades em comunicação e imprimiram o olhar jovem na composição do material. Os adolescentes participaram de pequenas oficinas para capacita-los a realizarem a cobertura.

Outro destaque do Eixo Cultura é o Integrar Jovem, projeto piloto de protagonismo juvenil, que conta com a participação de 24 alunos da Escola Municipal Maria Trindade Rodrigues, localizada na Comunidade Lagoa de Santo Antônio. Nesse ano, o grupo realizou quatro projetos de vida e de intervenção comunitária: “Vamo que Vamo!”, de restauração dos instrumentos da Fanfarra da escola; “Rádio Interativa”, onde os alunos levam entretenimento e informação para o recreio; “Colorindo o amanhã”, com criação de intervenções artísticas na fachada da instituição de ensino e jardim comunitário; e a “Liga Master Escolar”, olimpíada com disputas de futsal, vôlei e queimada.

Desenvolvimento local

Dentro do Integrar Cultura, a empresa realiza também, ações voltadas às comunidades vizinhas à operação da Kinross (Alto da Colina, Amoreiras II, Bela Vista II, São Domingos, Lagoa de Santo Antônio e Santa Rita). Em 2018, por exemplo, o Integrar apoiou a Fábrica de Biscoitos São Domingos na realização de um café da manhã com empresários de Paracatu. A ação serviu de oportunidade para os empresários conhecerem os biscoitos, bolos e pães da Fábrica e fomentar negócios com o empreendimento. “As quitandas carregam as tradições e os valores da nossa comunidade. São receitas que passaram de geração em geração e que contam a história de São Domingos”, explicou Irene dos Reis, coordenadora da Fábrica e presidente da Associação de Moradores do bairro.

Além do evento na Fábrica de São Domingos, o Eixo Cultura contou com a cobertura colaborativa da tradicional Festa Junina da Lagoa de Santo Antônio, feita pelos jovens da comunidade, e atividades culturais de apoio à realização aos Jogos Integrados da Paz, que reuniu os seis bairros vizinhos à Kinross para amistosos esportivos.

Preservação e conscientização ambiental

No Eixo Meio Ambiente a Programa atendeu 922 alunos de 15 escolas públicas de Paracatu, aplicando diferentes práticas pedagógicas de experimentação e fixação de conceitos ambientais. Foram desenvolvidas oficinas de germinação, gotejamento, irrigação, canecas, reciclagem de garrafas PET, além de teatros, cineclubes e jogos.

O programa também levou os estudantes a piqueniques no Parque Estadual de Paracatu, local que cumpre um importante papel na preservação de ecossistemas naturais da região. A área abriga cerca de 40 famílias de aves, mamíferos como o gambá-orelha-branca, o lobo-guará e o tamanduá-mirim e diversas espécies da flora típica do cerrado. Ao longo do ano, foram 15 piqueniques realizados pelo Eixo Meio Ambiente.

A gerente de Comunicação e Relacionamento com a Comunidade da Kinross, Ana Cunha, destacou o trabalho realizado ao longo do ano. “O Integrar é um programa que nos dá muito orgulho, pois trabalha com um viés de desenvolvimento social de longo prazo. Por meio dos seus eixos, contemplamos ações para toda a comunidade, desde atividades com as escolas da rede pública com atividades do ensino regular e educação ambiental, à formação cultural com o estímulo ao protagonismo juvenil, desenvolvendo e incentivando jovens e crianças a terem um pensamento mais crítico”, afirma.

Integrar em Números – 2018

Eixo Educação

· 8 escolas públicas atendidas

· 114 professores em formação

· 34 gestores públicos em formação

· 4 módulos formativos e 1 workshop de sensibilização

· 100 horas de formações presenciais

· 384 horas de formação EAD


Eixo Cultura

· 11 escolas públicas atendidas

· 20 professores âncoras

· 60 horas de oficinas culturais em cada escola

· 250 jovens atendidos diretamente nas oficinas culturais nas escolas

· 290 jovens atendidos nas oficinas culturais no Integrar na Praça

· 11 apresentações culturais de artistas locais

· 26 bairros presentes nas edições do Integrar na praça

· 30 jovens participantes da Imprensa Jovem

· 10 mil Participantes no Integrar na Praça
Eixo Meio Ambiente

· 15 escolas públicas atendidas

· 922 alunos

· 50 professores envolvidos

· 30 turmas atendidas

· 15 piqueniques realizados no Parque Estadual de Paracatu

· Visita e voluntariado de grupos das escolas participantes na estação Meio Ambiente no Integrar na Praça
Geração de Trabalho e Renda

· No último ciclo (3 anos), 6 projetos foram apoiados e acompanhados pelo eixo.

· Projetos que geram trabalho e renda tanto na área urbana, como rural

0
0