Reestabelecimento dos sistemas de efluentes do Complexo Portuário de Tubarão

A Vale informa que assinou com a Prefeitura de Vitória, no Espirito Santo, um Termo de Desinterdição do Complexo Portuário de Tubarão, com a liberação dos sistemas de tratamento de efluentes interditados na última quinta-feira (7/2), com o consequente retorno de imediato das operações no pátio de insumos, nas plantas de pelotização 1,2,3 e 4, bem como dos serviços portuários de carvão.

O acordo estabelece que a Vale antecipará investimentos em ações de melhorias nos sistemas de tratamento de efluentes líquidos e de controle da qualidade do ar do porto, contribuindo assim para o aprimoramento da gestão atmosférica do município de Vitória.

Adicionalmente, foram realizadas fiscalizações pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e pelo Instituto Estadual de Meio Ambiente nos dias 8/2 e 9/2, quando foi constatado não existir qualquer irregularidade nesse sistema que opera em consonância com a Licença Operacional.

0
0