Sandro Rossi: importância do planejamento da carreira

Sou engenheiro químico e fui contratado em 2004 para a área de Meio Ambiente e Logística. Com incentivo da Vale, fiz uma Pós-Graduação em Operação Ferroviária. Hoje, sou gerente da área em Tubarão e coordeno mais de 700 empregados. Quando entrei na empresa, desempenhava funções mais técnicas. No entanto, no decorrer da trajetória, aprendi muito sobre gestão de pessoas e tive planejamento de carreira a curto e a longo prazo.

Posso dizer que a empresa não economiza recursos para o desenvolvimento de carreira dos empregados. Creio que pude desenvolver habilidades que não faziam parte da minha formação, como boa comunicação e flexibilidade.

As premissas básicas de Logística são saúde e segurança. Não damos um passo sem nos certificarmos de que tudo está em perfeita ordem, um valor que admiro muito. A Vale é um ótimo local de desenvolvimento, que oferece possibilidades concretas, e só depende do empregado saber aproveitá-las.

2
0