Transformação Digital: drones aumentam a eficiência operacional das inspeções

Os drones estão em todos os cenários futuros da nossa vida moderna. Desde entregas de pizza a uso cirúrgico, as ideias são muitas. E como pensar o uso deles em nossos negócios? Esse questionamento levou uma equipe da Vale no Maranhão a implementar o uso do equipamento aéreo em diversas atividades de inspeção e também a planejar novas soluções para o futuro.

O inspetor da área de Energia do Porto Norte, Dennis Abrahão, começou a trabalhar na Vale antes do uso de drones. “Antes tínhamos que montar andaime, isolar a área, colocar escada e em casos de linhas de energia até contratar helicóptero para fazer as manutenções preventivas e preditivas. Hoje, conseguimos identificar o problema imediatamente com o uso dos drones e a manutenção é mais detalhada”, afirma. Dennis é um dos 11 empregados que já passaram pelos cursos de operação dos equipamentos.

Os nossos primeiros resultados são positivos em termos de melhoria das condições de trabalho do inspetor, na precisão de detecção de defeitos e principalmente na produtividade.

  • Regivaldo Carvalho, engenheiro responsável pela iniciativa
  • Principais ganhos do uso de drones nas inspeções:
  • Segurança de nossos empregados;
  • Precisão na detecção do defeito;
  • Aumento da produtividade na inspeção de ativos;
  • Integração com o sistema de manutenção;
  • Relato automático dos defeitos;
  • Possibilidade de análise complexa.

Transformação Digital: a Vale na Indústria 4.0

Fundamental para atingirmos melhores índices de saúde e segurança em nossas operações, o investimento da Vale na Transformação Digital contribuirá para a sustentabilidade de nossa estratégia a longo prazo, que é uma empresa focada em segurança, produtividade e inovação. No Corredor Norte são 61 Iniciativas distribuídas nos negócios, sendo 18 na Mina, 8 na Usina, 19 na Ferrovia e 17 no Porto.

0
0