Usiminas lança plataforma dedicada à inovação

A Usiminas apresentou, em evento realizado na sua sede em Belo Horizonte (MG) e transmitido para todas as suas plantas industriais, sua nova ferramenta de inovação. Para levar o conceito a todas os setores da empresa e apoiar as equipes no processo de mudança, avanço, debate e melhorias que envolvem a temática foi lançada a plataforma InovaAí. A proposta é reunir em um mesmo local, sob uma gestão específica, as ações de estímulo à inovação na empresa.

O diretor de Inovação e Tecnologia da Informação da Usiminas, César Bueno, ressalta que a companhia sempre teve a inovação como um dos diferenciais mais reconhecidos em seus produtos. “Contamos há quase 50 anos com o maior centro de pesquisas e desenvolvimento do setor na América Latina e temos tradição de tecnologia aplicada ao aço. O desafio, nesse momento, é mudar uma visão ainda existente que inovação tem que estar ligada a produto ou que se trata de algo muito específico ou complicado. Hoje, já temos muitos exemplos de como a inovação pode ocorrer mesmo em pequenas coisas, sem grandes investimentos, mas com grandes resultados”, explica.

Na primeira etapa da plataforma, serão trabalhados projetos específicos como a implementação dos “Desafios” internos, que buscam concentrar esforços específicos na solução de problemas práticos trazidos pelas áreas. Esse trabalho também pode envolver startups ou outro tipo de consultoria externa. A Usiminas também vem capacitando colaboradores de diferentes áreas da empresa como “Embaixadores”, para que possam atuar como incentivadores e consultores das equipes para o tema.

Para outro projeto, a companhia reestruturou uma iniciativa de estímulo às ideias e sugestões vindas dos colaboradores. O programa “Ideias” irá estimular que colaboradores individualmente ou em grupos de trabalho façam sugestões de melhorias em processos, espaços e metodologia hoje aplicadas nas rotinas. A proposta é que os idealizadores possam trabalhar na execução das mudanças sugeridas e receber sugestões por parte de outras pessoas. Ao final de cada ano, as sugestões com o retorno mais positivo serão premiadas em um evento específico.

“Além desses projetos, montamos um extenso calendário com eventos internos, inclusive de integração das pessoas de fora da equipe, e externos para que a Usiminas possa, cada vez, interagir e conhecer o que vem sendo desenvolvido por outras empresas, universidades e startups”, conta Éricka Menegaz, gerente corporativa da área. Somente em 2019 já são mais de 20 eventos programados. A companhia planeja, ainda, a criação de um espaço de coworking em sua sede, que permita a reunião das equipes em um ambiente dedicado e informal, que facilite a troca entre diferentes áreas e entre pessoas externas.

Histórico

Depois de vencer uma série de desafios e voltar a apresentar resultados financeiros e operacionais positivos, a empresa elegeu a inovação como um dos principais focos para sua gestão em 2019. Desde 2017, quando implantou seu comitê digital, a Usiminas vem concentrando esforços em torno do tema que agora começa a ser desdobrado de forma diferente por todos os níveis da companhia.

Ainda no fim de 2018, a empresa ampliou o escopo de atuação da então Diretoria de TI e criou uma gerência exclusivamente voltada para a gestão da inovação dentro da estrutura. O principal objetivo, segundo César Bueno, é capacitar a Usiminas como uma companhia também inovadora e que consegue se antecipar às novas demandas da sociedade, seja em produtos ou serviços, cada vez mais digital e exigente.

0
0