Votorantim Cimentos dá dicas para executar uma obra residencial com qualidade

tenção a quatro etapas básicas garante segurança e solidez à edificação

Na realização de qualquer obra, não basta apenas dispor de verba para adquirir os materiais e colocar a mão na massa. O planejamento é fundamental para valer o tempo e o dinheiro investido na edificação e que o sonho concretizado tenha longa duração. As obras residenciais, por exemplo, passam por várias fases, desde o projeto de arquitetura, os serviços preliminares, como a sondagem de solo, alicerce, alvenaria, até chegar aos acabamentos finais.

Para ajudar os profissionais da construção a organizar cada etapa de execução, o site Mapa da Obra reúne as principais etapas que não podem deixar de ser cumpridas em uma obra residencial. Basicamente, são quatro dicas, que, se bem realizadas, irão garantir uma edificação sólida, que suporte todas as cargas impostas a ela, seja por ações da natureza ou pelo passar dos anos sem sofrerem grandes danos.

Segundo o site Mapa da Obra, as quatro etapas essenciais a serem consideradas durante uma obra são: Estrutura (fundação, pilares, vigas e laje); Alvenaria, Cobertura, Acabamento. O site destaca também a importância de contar com suporte de profissionais qualificados e escolher os materiais de construção com critério, já que cada etapa da obra tem necessidades próprias, o que inclui um determinado traço de concreto e até um tipo de cimento específico.

Para conferir mais detalhes sobre cada etapa de construção de obras residenciais e outras informações, basta acessar o link no site: http://www.mapadaobra.com.br/capacitacao/4-etapas-basicas-das-obras-residenciais/.

Sobre a Votorantim Cimentos

Presente no negócio de materiais de construção (cimento, concreto, agregados e argamassas) desde 1933, a Votorantim Cimentos é uma das maiores empresas globais do setor, com capacidade produtiva de cimento de 57,5 milhões de toneladas/ano e receita de R$ 12,7 bilhões em 2016. A Votorantim Cimentos possui unidades estrategicamente localizadas próximas aos mais importantes mercados consumidores em crescimento e está presente em 13 países, além do Brasil: Argentina, Bolívia, Canadá, Chile, China, Espanha, Estados Unidos, Índia, Marrocos, Peru, Tunísia, Turquia e Uruguai.

0
0