Anglo American resgata flora local e recupera ecossistema em Barro Alto-GO e região

O programa ajudou a preservar quase mil plantas de diferentes espécies. Viveiro de espera que tem capacidade de acondicionar até 46 mil plantas. Crédito: divulgação

Na busca por uma mineração sustentável, a Anglo American vem desenvolvendo uma série de ações em prol do meio ambiente. Uma dessas medidas de preservação da biodiversidade é o resgate da flora local. Iniciado em março de 2020 nas operações em Barro Alto, em Goiás, esse trabalho já ajudou a preservar quase mil plantas de diferentes espécies nativas.
Todas as vegetações resgatadas são mantidas em um viveiro de espera que tem capacidade de acondicionar até 46 mil plantas. No local, as espécies são fixadas em suportes verticais, bancadas e também em caixas de madeira. Todo o material recebe cuidados contínuos, como irrigação e monitoramento.

Engenheiro de Meio Ambiente da Anglo American, Gustavo Henrique Batista explica que o resgate da flora é uma estratégia favorável para ecossistemas impactados pela mineração. “Um dos desafios na recuperação de áreas mineradas é a aquisição de mudas de qualidade e em quantidade suficiente. Desse modo, o uso das mudas produzidas a partir do resgate de plantas é uma técnica promissora, visto que viabiliza a utilização do material genético adaptado à região”, explica.

Assim como ocorre na região de Níquel (Barro Alto e Niquelândia), o Minas-Rio, que abrange a operação em Minas Gerais, conta com uma série de atividades ambientais para preservação das espécies, nascentes e flora.

0
0