AngloGold Ashanti contrata em Minas Gerais e Goiás para ampliar área de Projetos

Os 44 novos profissionais – gerentes, especialistas e analistas – vão atuar na finalização do processo de disposição de rejeito a seco, com possibilidade de continuidade em outros projetos futuros

A produtora de ouro AngloGold Ashanti, indústria mais longeva do País, com 186 anos de atuação, está com 44 vagas abertas para atuação de profissionais na diretoria de Projetos. “Com contratação imediata, os novos profissionais – gerentes, especialistas e analistas – atuarão na implantação em diversas disciplinas do processo de disposição de rejeitos a seco, já em andamento”, explica Ricardo Assis, diretor de Pessoas, Projetos e Suporte Técnico.

Para essa fase de estruturação, a AngloGold Ashanti contrata profissionais para atuar em Sabará, Santa Bárbara e Nova Lima (Minas Gerais) e Crixás (Goiás). A geração de empregos é uma importante forma de renda para as comunidades, sobretudo após os impactos econômicos da pandemia. Hoje a AngloGold Ashanti Brasil gera mais de 6.500 empregos diretos e indiretos. Para se candidatar às novas posições, as inscrições devem ser feitas no link: https://anglogoldashanti.gupy.io/

A produtora busca por profissionais de nível superior – principalmente engenheiros com conhecimento em várias disciplinas, tais como engenharias mecânica, civil, elétrica, instrumentação/automação, comissionamento, prontidão operacional, planejamento físico financeiro, administração, gestão de contratos, dentre outros. Confira as vagas:

Gerentes – de Área Eng. Processo, de Área de Prontidão Op., de Área Implantação CB/LM, de Área Implantação QZ, de Área Implantação CDS (Civil), de Área Implantação MSG, de Área Saúde e Segurança, de Área Gestão Custos, de Área Planejamento e de Área Riscos.

Especialistas – Eng. Civil, Eng. Elétrica, Eng. Mecânica, Eng. Controle e Automação, de Processos e de Projetos de Mineração.
Engenheiros – Processo Sênior, Processo Pleno, Ventilação Sênior, Minas Sênior, Prontidão Operacional Sênior, Mecânico Sênior, Eletricista Sênior, Automação/Instrumentação Sênior, Saúde e Segurança e SSO Interface Eng.

Analistas – Administrativo Sênior, Financeiro Sênior /Estimativa, Financeiro Sênior /Estimativa, Planejamento Sênior, de Riscos Sênior e Analista Sênior de Contratos/Compliance.

Disposição a seco

A segurança dos empregados e da comunidade é o primeiro valor da empresa, e isso se reflete em todas as etapas dos processos de trabalho, inclusive na gestão das suas barragens. Uma das soluções para eliminar a dependência dessas estruturas em suas operações é o processo de disposição de rejeitos a seco, já utilizado desde 2009 nas unidades Cuiabá e Córrego do Sítio.

O método vai substituir a deposição tradicional de rejeitos em barragens e trazer como vantagens o incremento na segurança de estruturas geotécnicas e a redução do uso de água. Na unidade Cuiabá, em Sabará, e Córrego do Sítio, em Santa Bárbara, cerca de 50% dos rejeitos já são depositados a seco. Já na Planta do Queiroz, em Nova Lima, o valor chega a 15%. Como mais uma etapa desse projeto, a empresa está utilizando filtros com discos cerâmicos em suas unidades. Com o novo processo, os rejeitos gerados na planta metalúrgica deixam de ser armazenados com umidade na barragem e passam pelo processo de filtragem, para posterior deposição a seco.

Até 2021, 11 filtros com discos cerâmicos serão instalados nas plantas de filtragem. Com o novo processo, os rejeitos gerados nas plantas metalúrgicas deixam de ser armazenados nas barragens convencionais e passam pelo processo de filtragem/desaguamento, para posterior empilhamento a seco. Todos os esforços tem sido feitos pela empresa para, já ao final de 2021, todos os rejeitos já possam passar pelas plantas de filtragem e serem depositados à seco.

Sobre a AngloGold Ashanti

Uma das maiores produtoras de ouro do mundo no Brasil, a indústria mais longeva do país, possui minas e plantas metalúrgicas e de beneficiamento distribuídas nos Estados de Minas Gerais e Goiás. Com 4.900 empregados diretos, as operações brasileiras respondem por 15% da produção global de ouro do grupo e estão entre as mais avançadas do mundo no campo da tecnologia de mineração, pela excelência dos equipamentos e processos utilizados e pelo desenvolvimento de soluções de engenharia para a atividade de mineração no subsolo. A AngloGold Ashanti tem sede em Johannesburgo, na África do Sul, e suas ações são negociadas nas bolsas de Johannesburgo, Nova York, Austrália e Gana. Os negócios da companhia englobam 14 operações e atuação em dez países, gerando mais de 34 mil empregos.

0
0