China busca maior aproximação com IBRAM e a EXPOSIBRAM

O diretor-presidente do Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM), Flávio Penido, recebeu Gao Jun, vice-secretário geral do Conselho da China para a Promoção do Sub-Conselho de Máquinas para Comércio Internacional, durante a Expo & Congresso Brasileiro de Mineração (EXPOSIBRAM 2019).

O representante chinês demonstrou interesse em aproximar as empresas chinesas da EXPOSIBRAM, via um intercâmbio institucional com o IBRAM, bem como atrair as companhias da cadeia produtiva da mineração para as feiras de negócios realizadas na China, como as organizadas pela Associação de Promoção Comercial de Máquinas (CCPIT-MSC), considerada a principal organização de promoção comercial da indústria de maquinas naquele país.

O presidente do IBRAM informou a Gao Jun que uma primeira oportunidade para as empresas chinesas exporem seus produtos e serviços no Brasil será a EXPOSIBRAM 2020, que será realizada em Belém do Pará, um dos estados em que a mineração está em plena evolução e, portanto, com perspectivas de excelentes oportunidades de negócios.

Flávio Penido recebe Gao Jun na EXPOSIBRAM 2019

Segundo Gao Jun, a CCPIT-MSC organiza anualmente mais de 130 exposições profissionais em todo o mundo para as empresas chineses participarem, e simultaneamente. Além disso organiza várias exposições internacionais na China. Entre elas, as exposições relacionadas a máquinas de mineração, como a Bauma China e a BICES, que são as duas maiores exposições profissionais naquele país.

Flávio Penido considera esta aproximação institucional uma excelente oportunidade para empresas de ambos os países, em especial para prospectar negócios e trocar conhecimento. A Bauma China 2020 será realizada em Xangai, de 24 a 27 de novembro. Na exposição deverão participar 3.350 empresas chinesas e estrangeiras de 38 países, do segmento de máquinas de mineração e engenharia, contando com área de exposições de 330.000 metros quadrados e público de 212.500 visitantes.

0
0