Licença Social para operar é tema de livro lançado na EXPOSIBRAM

EXPOSIBRAM
Lançamento do livro “Licença Social para Operar e Avaliação de Impacto Social – Confiança e Engajamento das Comunidades Anfitriãs” Foto: Glenio Campregher

O conceito de licença social é recente no mundo corporativo e se refere à autorização que uma comunidade dá a uma empresa ou organização para realizar suas operações em um determinado território. No setor mineral, o conceito ganha mais força a cada dia e acaba de ser tema de uma obra inédita, lançada durante a Expo & Congresso Brasileiro de Mineração (EXPOSIBRAM 2019).

“Licença Social para Operar e Avaliação de Impacto Social – Confiança e Engajamento das Comunidades Anfitriãs” é o título do livro lançado pela pesquisadora Ana Lúcia Frezzatti Santiago no estande do Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM), na noite de quarta-feira, 11/09. O livro é resultado de uma tese de doutorado da pesquisadora, cursado na Espanha.

Este é o primeiro livro de Ana Lúcia e traduz o desejo da autora de buscar o “conhecimento e inovação no relacionamento corporativo-comunitário”. Ela conta que Licença Social é um conceito amplo, que nasceu em 1996, no Canadá, e atualmente é bastante utilizado no  ambiente de negócios.

“Essa não é uma ferramenta ou abordagem isolada. É um movimento relacional, que a empresa mantém com as comunidades vizinhas”, observa a autora. Sua manutenção necessita, segundo Ana Lúcia, da criação de um ambiente favorável e condições adequadas “para assegurar a confiança da população onde se opera”.

0
0