Mining Hub: prazo de inscrição para o primeiro ciclo de aceleração do mining start acaba hoje

Selecionadas terão o acompanhamento de executivos da área durante um ano

O prazo de inscrições para o primeiro ciclo de aceleração de startups no  Mining Hub – Hub da Mineração está com inscrições abertas para a entrada de startups do setor. Empresas que se encaixarem em alguma das temáticas têm até hoje (11/1) para tentar uma vaga no primeiro ciclo de aceleração, o Mining Start.

Podem participar startups que apresentem soluções para desafios da mineração com os temas: rejeitos, energia, gestão da água, segurança, e energia renovável. As selecionadas terão o acompanhamento dos executivos responsáveis pelo projeto, durante um ano.

O Mining Hub surgiu com a união de 12 empresas, e foi criado com o propósito de ser um canal direto de inovação aberta, projetos sociais, tendências do setor e relacionamento entre mineradoras e startups. Atualmente 18 empresas já participam do projeto. São elas: Anglo American, AngloGold Ashanti, ArcelorMittal, Bahia Mineração, Bemisa, Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM), CMOC International Brasil, Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), Ferrous, Gerdau, Kinross, J. Mendes, Mineração Morro Verde, Nexa Resources, RHI Magnesita, Samarco, Mineração Usiminas e Vale. Além das mineradoras, companhias da cadeia de fornecedores também endossam o Hub da Mineração: ISQ, IHM Stefanini, Sebrem, Haver Brasil e LGA.

Lançada no Festival Internacional de Inovação e Tecnologia (Finit), em novembro, a iniciativa vai ocupar seis andares do prédio da WeWork, em Belo Horizonte. O ambiente tem como objetivo gerar oportunidades e conexões para diferentes players da cadeia da mineração, como fornecedores, pesquisadores e investidores.

Clique aqui  para se inscrever e acessar mais informações.

0
0