Projeto “Cultura e Sustentabilidade” leva teatro, cinema e oficinas de reciclagem a Goiás e Minas Gerais

Com patrocínio da AngloGold Ashanti, Iniciativa gratuita possui o objetivo de incentivar o acesso à cultura e promover educação ambiental

Cidades mineiras e goianas vizinhas às operações da AngloGold Ashanti recebem o projeto Cultura e Sustentabilidade. A programação conta com peças de teatro em um palco móvel, sessões de cinema e oficinas sobre consumo sustentável. Gratuita e aberta ao público, a iniciativa tem como objetivo democratizar o acesso à cultura e estimular a consciência cidadã e ambiental nos participantes.

O Cultura e Sustentabilidade é produzido pela Magma Cultura e conta com o patrocínio da AngloGold Ashanti. A ação faz parte do projeto Conexão Sustentável e tem apoio do Ministério da Cidadania através da Secretaria Especial da Cultura por meio da Lei Federal de incentivo à cultura (Lei Rouanet). As prefeituras municipais de cada cidade visitada são parceiras.

Segundo o diretor-presidente AngloGold Ashanti, Camilo de Lelis Farace, o projeto contribui com o objetivo da empresa de estimular a cultura para as comunidades próximas às operações da empresa. “Além disso, alinhadas ao nosso compromisso ambiental, as ações do projeto Cultura e Sustentabilidade promovem reflexões importantes sobre a preservação do meio ambiente e o futuro do planeta”, ressalta.

Sobre a edição 2019

A primeira parada do projeto será em Crixás (GO) foi entre 9 e 12 de abril. Nas duas semanas seguintes, a iniciativa percorre três cidades do estado de Minas Gerais: Nova Lima (15 a 18 de abril), Santa Bárbara (22 e 23 de abril) e Sabará (24 a 26 de abril).

Carro chefe da iniciativa, o teatro ocupa a maior parte das atividades e conta com duas apresentações para divertir o público. A primeira, promovida pela Cia Circo Fool, traz a peça “Circo Reciclado”, que conta a história dos mascates Magrovisk e Pequenovisk que usam a sucata para apresentar um grande espetáculo, que além de interativo, é recheado de malabarismos, domadores e, claro, a irreverência dos palhaços.

Já o grupo “Mamulengo Fuzuê” encena a peça “ Benedito, Abençoado e Bendizido”, que conta a história de amor de Benedito e Rosinha em sua luta por trabalho e justiça, abordando com humor assuntos como reciclagem, água e fauna.

Além do teatro, os participantes também poderão acompanhar sessões de cinema e palestras sobre consumo consciente, tratamento adequado de lixo, aproveitamento de alimentos, dentre outras ações que contribuem para a melhoria do meio ambiente.

Programação

Goiás

– Crixás, entre 09 e 12 de abril

Terça-feira (9) – 08h/teatro – 10h/teatro – 14h/teatro – 16h/teatro – 19h/cinema
Quarta-feira (10) – 08h/teatro – 10h/teatro – 14h/teatro – 16h/teatro – 19h/cinema
Quinta-feira (11) – 08h/teatro – 10h/oficina – 14h/teatro – 16h/oficina – 19h/palestra
Sexta-feira (12) – 08h/teatro – 10h/teatro

Minas Gerais

– Nova Lima, entre 15 e 18 de abril

Segunda-feira (15) – 08h/teatro – 10h/teatro – 14h/teatro – 16h/teatro – 19h/cinema
Terça-feira (16) – 08h/teatro – 10h/teatro – 14h/teatro – 16h/teatro – 19h/cinema
Quarta-feira (17) – 08h/teatro – 10h/oficina – 14h/teatro – 16h/oficina – 19h/palestra
Quinta-feira (18) – 08h/teatro – 10h/teatro

– Santa Bárbara, entre 22 e 23 de abril

Segunda-feira (22) – 08h/teatro – 10h/teatro – 14h/teatro – 16h/teatro – 19h/cinema
Terça-feira (23) – 08h/teatro – 10h/oficina – 14h/teatro – 16h/oficina – 19h/palestra

– Sabará, entre 24 e 26 de abril

Quarta-feira (24) – 19h/cinema
Quinta-feira (25) – 08h/teatro – 10h/oficina – 14h/teatro – 16h/oficina – 19h/palestra
Sexta-feira (26) – 08h/teatro – 10h/teatro – 14h/teatro – 16h/teatro

Sobre a AngloGold Ashanti

Uma das maiores produtoras de ouro do mundo no Brasil, a empresa possui minas e plantas metalúrgicas e de beneficiamento distribuídas nos Estados de Minas Gerais e Goiás. Seus negócios englobam 13 operações em nove países, gerando mais de 60 mil empregos. A AngloGold Ashanti tem sede em Johannesburgo, na África do Sul, e suas ações são negociadas nas bolsas de Johannesburgo, Nova York, Austrália e Gana.

Com mais de 4 mil empregados diretos, as operações brasileiras respondem por 15% da produção global de ouro do grupo e estão entre as mais avançadas do mundo no campo da tecnologia de mineração, pela excelência dos equipamentos e processos utilizados e pelo desenvolvimento de soluções de engenharia para a atividade de mineração em subsolo.

0
0