Turmalina Elbaíta

FÓRMULA QUÍMICA: (Na,Ca)(Li,Mg,Al)(Al,Fe,Mn)6(BO3)3(Si6O18)(OH)4

CLASSE QUÍMICA: Silicatos

PROPRIEDADES

A elbaíta possui quatro variedades: verde, rubelita (rosa), indicolita (azul) e acroíta (incolor). Possui dureza 7,5, densidade 3,05 a 3,1 e brilho vítreo. Apresenta estrias longitudinais e seção basal triangular.

PROCEDÊNCIA

Lavra da Pederneira, São José da Safira, MG.

CURIOSIDADES

No Rio Grande do Norte, são lavradas as turmalinas Paraíba (em fase de esgotamento), de cores fortes, que variam em tons de azul, como azul-neon e azul-turquesa e violeta, únicas no mundo, sendo lapidadas como gemas de altíssimo valor.

USO

Tem sido usada como gema desde o século XVI.


Fonte: MM Gerdau – Museu das Minas e do Metal

0
0